Barrosas conquista ponto com Candal e mantém-se na 14.ª posição

O Barrosas empatou com o Candal (1-1), no domingo, na deslocação a Vila Nova de Gaia, em partida a contar para a jornada 28 da Associação de Futebol do Porto, da Divisão de Elite – Pro-nacional.

Com este empate, o Barrosas manteve-se na 14.ª posição com 31 pontos.

Na primeira metade do encontro, o Barrosas entrou pressionante mas foi a formação da casa que marcou primeiro.

Na segunda metade, a formação visitante dispôs de várias oportunidades para empatar o encontro, mas só aos 85 minutos, através da marcação de uma grande penalidade, convertida por Jorge Ferreira, chegou ao empate.

O treinador do Barrosas, Filipe Teixeira, que assumiu  os comandos técnicos da formação felgueirense, após a saída de Carlos Monteiro, destacou a atitude e o empenho dos seus atletas.

O novo técnico sublinhou que o Barrosas conquistou um ponto num terreno difícil, frente a uma equipa que está a lutar para fugir aos lugares da despromoção.

“O Candal colocou-nos algumas dificuldades no início do encontro, mas julgo que o empate acabou por se ajustar ao que se passou dentro  das quatro linhas”, afirmou.

Filipe Teixeira reconheceu que a sua equipa está a atravessar uma fase em que os índices de confiança estão baixos, mas afirmou que uma vitória poderá alterar os índices anímicos da sua formação.

“Acredito que a vitória vai acabar por surgir. A equipa está a viver uma nova fase, o grupo é forte, os jogadores têm muito valor e não merecem estar na posição em que estão”, sublinhou, manifestando estar confiante no trabalho que irá desenvolver até ao final da época.

O diretor desportivo do Barrosas, Alfredo Jorge, numa análise ao encontro, relevou a atitude dos atletas da sua equipa.

“Entramos determinados, com garra e quando estávamos por cima da partida sofremos um golo”, afirmou, acrescentando: “Batemo-nos de início ao fim. O Candal não foi melhor que o Barrosas”.

O Barrosas recebe, na jornada 29, o Serzedo, que é 15.ª classificado com 28 pontos.