Barrosas perde com Oliveira do Douro depois do empate caseiro com Baião

O Barrosas saiu derrotado da deslocação que fez, no domingo, a Oliveira do Douro (2-0), em partida a contar para a jornada 26, da AF Porto divisão de elite – pro-nacional, depois do empate caseiro (0-0) com o Baião, na jornada anterior.

Numa partida em que a formação orientada por Carlos Monteiro, até entrou melhor e dispôs de uma oportunidade para abrir o marcador, nos minutos iniciais, foi a formação da casa que abriu o ativo. O lance do golo começa com um defesa da formação felgueirense, orientada por Carlos Monteiro, a entregar a bola a um adversário que, na cara com o guarda-redes, fez o primeiro golo do encontro.

O golo madrugador desestabilizou a equipa felgueirense, que ainda assim tentou reagir ao golo sofrido. Aos 20 minutos, num lance, em que a defesa do Barrosas não esteve isenta de responsabilidades, o Oliveira do Douro fez o 2-0.

Na segunda metade, Carlos Monteiro, mexeu no plantel e o Barrosas surgiu mais acutilante mas o resultado final não se alterou.

Numa análise ao encontro, o diretor desportivo do Barrosas, Alfredo Jorge, lamentou a falta de eficácia da sua equipa que, frisou, teve várias oportunidades para concretizar.

“O Barrosas mais uma vez mostrou-se uma formação perdulária no capítulo da finalização”, assinalou, frisando ser necessário ganhar já na próxima jornada frente ao Vilarinho, que nesta jornada venceu o Perafita (1-0).

“É necessário vencer porque o Barrosas corre o risco de, perdendo, cair nos lugares da despromoção”, avisou.

O Barrosas é 13.º com 29 pontos.