Barrosas perde, em casa, com Rebordosa num jogo marcado pelas criticas à arbitragem

O Barrosas perdeu, domingo, com o Rebordosa Atlético Cube (0-1), em jogo a contar para a jornada 17, da Associação de Futebol do Porto, Divisão de Elite, num partida marcada pelas criticas à equipa arbitragem.

O diretor desportivo do Barrosas, Carlos Ribeiro, no rescaldo ao jogo, defendeu que o resultado final não reflete o que se passou dentro das quatros linhas.

“Fomos claramente superiores ao adversário com o golo do Rebordosa a ser obtido num lance que é precedido de falta que o árbitro não assinalou”, afirmou.

O diretor desportivo do Barrosas lamentou, também, o facto do árbitro do encontro não ter assinalado duas grandes penalidades a favor da sua equipa e ter expulso três elementos do banco da formação da casa.

Falando  da equipa de arbitragem, Carlos Ribeiro mostrou-se, igualmente, estupefato pelo facto de um dos árbitros ser, afirmou, de Rebordosa.

“São situações que não devem acontecer. Não estou a dizer que os árbitros vêm para os jogos com a intenção de prejudicar as equipas, mas suscitam dúvidas”, frisou, advertindo para a necessidade da estrutura que gere o futebol da Elite não permitir que estas situações se repitam.

O Barrosas volta a jogar a 15 de janeiro com o Baião, equipa que vem de uma vitória, fora de  portas, com o Vila Meã (0-1) e está em quinto lugar com 28 pontos.