Bolas paradas dão triunfo ao Aliados Lordelo na casa do Lixa (C/ÁUDIO)

O FC Lixa perdeu, por 2-0, na receção ao Aliados de Lordelo, no encontro em atraso da 7ª jornada da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). A partida foi disputada no Estádio Dr. Machado de Matos, em Felgueiras, devido a um problema relacionado com o relvado do Estádio Senhor do Amparo.

 

A formação do concelho de Paredes inaugurou o marcador, perto do intervalo, por Rui Filipe, na sequência de um pontapé de canto. Antes, os lixenses desperdiçaram uma grande penalidade.

No segundo período, também de bola parada, num livro cobrado por João Moreira, o Aliados de Lordelo fez o 2-0 e conquistou um triunfo “justo”, no entender do técnico Armando Santos.

“Somos uns justos vencedores porque tivemos mais oportunidades para ganhar. Na primeira parte, contra a corrente do jogo, houve um penálti a favor do nosso adversário, que o nosso guarda-redes, o Carlos, defendeu. No lance a seguir, num canto, conseguimos fazer o 1-0. Na segunda parte, o Lixa entrou bem no jogo, mas o João Moreira fez um grande golo, de livre”, explicou.

 

 

O técnico do Lixa lamentou o penálti desperdiçado e o golo sofrido a acabar a primeira parte. Filipe Mesquita acrescentou que, na etapa complementar, a equipa “tentou de todas as maneiras chegar ao empate, mas após o segundo golo do adversário não conseguiu reagir mais”.

“Há que valorizar e dar os parabéns ao Aliados de Lordelo pela vitória, porque foi competente e conseguiu fazer dois golos e nós nenhum. Estamos numa fase menos positiva em termos de finalização. Espero que consigamos dar a volta rapidamente”.

 

 

O Lixa está há quatro jogos sem vencer, período no qual não conseguiu marcar qualquer golo. É 12º posicionado, com 14 pontos, mas com menos três jogos.

O Aliados de Lordelo, que nas últimas quatro partidas acumulou três vitórias e um empate, ascendeu ao 7ª lugar, com 22 pontos, os mesmos do Barrosas.