Bombeiros da Lixa assinalam os 131 anos com cerimónia restrita

Os Bombeiros da Lixa vão assinalar, a 12 de setembro, 131 anos de existência, com uma cerimónia simbólica devido à pandemia de covid-19.

 

Num comunicado enviado ao Expresso de Felgueiras, o comandante Vítor Meireles e o presidente da direção Armindo Coelho, referem “não ser as comemorações que todos gastariam e mereciam”.

“Apesar de estarmos a passar por um momento particularmente difícil e de grandes dúvidas e reflexões, devido à pandemia provocada pelo novo coronavírus, não podíamos deixar esta data em branco”, acrescentam.

No dia 12 de setembro, vão ser hasteadas as bandeiras, seguindo-se uma saudação à população com desfile motorizado, que ao contrário dos anos anteriores, este ano só contará com a presença de algumas viaturas e limitado ao número de operacionais existentes.

A celebração não terá a presença da população, mas o comando e direção dos Bombeiros da Lixa realçam que “toda a colaboração da população tem sido fundamental e de assinalar”.