Bombeiros de Felgueiras equipam ambulâncias com aparelhos de desfibrilhação

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Felgueiras vai dotar as cinco ambulâncias de socorro com aparelhos de Desfibrilhação Automática Externa (DAE).

Segundo a corporação, a medida aguarda que um dos aparelhos seja inserido pelo INEM no programa nacional de DAE.

Recentemente, as ambulâncias de socorro da corporação foram equipadas com monitores de sinais vitais.

Em 2011, a associação, tal como todas as outras, foi contemplada pelo INEM e pela Fundação Calouste Gulbenkian com um aparelho de DAE. O primeiro a entrar ao serviço naquele Corpo de Bombeiros.

Na sequência da oferta, receberem formação e foram credenciados 12 elementos dos bombeiros como operadores de DAE.

A partir de então, o comando, preocupado em melhorar a resposta a dar em eventuais casos de paragem cardiorrespiratória, começou por convencer a direção da associação a adquiri um aparelho de treino de DAE.

“De seguida idealizou e preparou um plano de formação com o objetivo de, duma forma gradual, com o empenho do formador interno e do departamento de formação existente no Corpo de Bombeiros, pudesse dotar no mínimo em 80% o Corpo Ativo de habilitações/credenciação”, explicou a corporação em comunicado.

O comando sensibilizou e conseguiu com que a direção, equipasse as restantes quatro ambulâncias com equipamentos idênticos.

Alcançados este dois primeiros objetivos o Corpo de Bombeiros possui assim no seu seio 80 Operadores de DAE e tem todas as suas ambulâncias de socorro dotadas de um equipamento considerado fundamental para socorrer a população que serve.