Bruno Ferreira, do Felgueiras B, confiante que equipa vai atingir play off de subida

O atleta do Felgueiras B, equipa que milita na primeira divisão da Associação de Futebol do Porto, disse, hoje, ao Expresso de Felgueiras, acreditar que a sua equipa, que está em terceiro lugar da primeira divisão distrital, série 2, vai conseguir atingir os pontos necessários para passar à segunda fase da prova.

A atleta, de 22 anos, formado nas camadas jovens do Felgueiras, representou o Cristelos Sport Clube, no campeonato de futebol amador de Lousada, antes de integrar o plantel principal da formação secundária do FC Felgueiras, reconheceu que a equipa azul grená tem valor e vai atingir os seus objetivos.

“Na partida com o Gens SC infelizmente não entramos bem, sofremos um golo muito cedo, reagimos, mas temos de dar mérito ao adversário que com menos dois jogadores soube tapar todos os caminhos para a sua baliza”, disse.

Falando dos objetivos do Felgueiras B, Bruno Ferreira assumiu que a equipa fez uma primeira volta conseguida e os objetivos para a segunda volta passam por continuar a dignificar a camisola do clube e andar nos lugares da frente para ser mais fácil atingir o propósito de entrar no play off.

“Temos um excelente plantel, o grupo está unido e existe uma estreita articulação entre a equipa técnica e a equipa”, frisou, referindo-se ao grupo como sendo uma família.

Quanto ao atual técnico do Felgueiras B, o jovem atleta que acumula, também,  funções como  diretor do clube, sublinhou que Jorge Teixeira, à semelhança de Mário Guimarães que deixou a equipa, por razões pessoais, são dois elementos de valor que partilham da mesma visão para o grupo.

“São dois técnicos que têm a mesma forma de trabalhar pelo que a transição não foi difícil”, sustentou.

Bruno Ferreira 1

Referindo-se à equipa sénior do FC Felgueiras que ficou a um ponto de disputar o play off da subida, Bruno Ferreira lamentou o facto da formação orientada pelo ex-técnico Ricardo Silva não ter conseguido esse objetivo e de ter ficado travo amargo para todos quantos acompanham o clube.

“Sem dúvida. Foi frustrante. Nunca imaginei que não iríamos conseguir atingir esse objetivo. Não foi por falta de trabalho e empenho dos atletas, faltou a tal pontinha da sorte”, avançou, sustentando que nada está perdido e que a equipa tem de começar já a pensar na fase de manutenção que inicia já este fim-de-semana.

“Temos de enfrentar esta fase com humildade, dignificar a camisola do clube e tenho a certeza que para o ano, a tão almejada subida, vai ser conseguida”, garantiu.

Quanto ao calendário da fase de manutenção, o jovem atleta adiantou que o FC Felgueiras vai manter o plantel pelo que deverá fazer uma época conseguida.

Bruno Ferreira 2

“Vamos jogar a Ponte da Barca, num campo sintético, com dimensões reduzidas, mas acredito no FC Felgueiras e na mais valia do seu plantel para passar com nota positiva este primeiro embate”, afirmou, avançando que todas as restantes equipas são niveladas, mas o Felgueiras, nesta fase, tem equipa para acabar nos lugares da frente.

Ao Expresso de Felgueiras, Bruno Ferreira realçou, também, que vestir a camisola da equipa b e ser diretor do clube além da responsabilidade acrescida que representa permite-lhe acompanhar o trabalho que é realizado todos os dias pelos vários intervenientes que estão ligados ao emblema.

“É com esforço redobrado que jogo e sou diretor, mas faço-o com prazer, sentido de responsabilidade e a missão de dignificar a camisola do clube e representar um emblema que luta todos os dias para garantir que os seus atletas têm as melhores condições”, assegurou.

O Felgueiras B é terceiro classificado com 31 pontos e está a quatro do Gens SC.