CALÇADO: ‘Nobrand’ vai quase duplicar a faturação em 2022 (C/VÍDEO)

A empresa foi fundada em março de 1988, exportando atualmente 95% da sua produção.

FOTO: Armindo Mendes

A empresa “Máximo Internacional-Importação e exportação, S.A., detentora da marca de calçado Nobrand, é uma das mais prestigiadas do concelho de Felgueiras e prevê quase duplicar a sua faturação em 2022, comparando com 2021.

 

 

Atualmente, a Nobrand com cerca de 70 funcionários, faturou em 2021 oito milhões de euros rondou e em 2022 prevê atingir o patamar os 14 milhões de euros.

Sérgio Cunha, o CEO da empresa, em entrevista/vídeo ao Tâmegasousa.pt e Expresso de Felgueiras, fala do atual momento da indústria de calçado, da sua importância no concelho e no país, da falta de mão de obra e dos desafios de moda e design que se colocam a um setor cada vez mais exportador, que tem em Felgueiras o seu maior e mais dinâmico polo produtivo em Portugal.

A empresa foi fundada em março de 1988, exportando atualmente 95% da sua produção.