Câmara de Felgueiras diminuiu a despesa e aumentou a poupança em 2015

O município de Felgueiras anunciou hoje que diminuiu a despesa em cerca de 2,8 milhões de euros e aumento a poupança corrente, em 2015, em cerca de 3,5 milhões de euros.

Os dados foram divulgados, em comunicado, após a aprovação da prestação de contas e relatório de gestão de 2015.

A autarquia revela que, na análise da execução orçamental, se destaca o aumento da taxa de execução da receita e da despesa, que em 2015 foi de 69,9% e de 70,7%, respetivamente.

Citado em comunicado, o presidente da Câmara de Felgueiras, Inácio Ribeiro, frisou que as contas “evidenciam uma situação equilibrada e positiva, bem como uma redução significativa da dívida”.

O documento aprovado menciona “a preocupação do executivo na implementação de medidas de contenção e de redução da despesa corrente e na concretização de mais investimento”.

Na apresentação, o presidente da autarquia sublinhou que “a obtenção deste resultado fica a dever-se à elaboração de orçamentos realistas e rigorosos”.

Facto a realçar, revela a autarquia, é também a diminuição significativa da dívida municipal, que vem sendo registada nos últimos anos.

“A Prestação de Contas evidencia o caminho que desde início foi traçado por este executivo da consolidação do equilíbrio financeiro do Município, condição basilar para um crescimento e desenvolvimento sustentável do concelho”, realçou o edil.

O autarca salientou algumas das áreas em que o seu executivo tem apostado, nos últimos anos.

“Apesar de todos os constrangimentos financeiros verificados nos últimos anos, a autarquia não esqueceu em 2015 o seu papel social e continuou a ter esta área como o seu grande desafio, apostando numa política social voltada para as pessoas, alicerçada num conjunto de iniciativas que visam a coesão e a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, em especial dos mais desfavorecidos e vulneráveis”.

O relatório menciona que “ 2015 marca também um ponto de viragem na aplicação de políticas e iniciativas de estímulo ao empreendedorismo no território, à inovação, à criatividade e à promoção das atividades económicas e dos produtos locais”.

Verifica-se ainda que o Município de Felgueiras, durante o ano de 2015, “não teve pagamentos em atraso a fornecedores a mais de 90 dias, da data de vencimento das faturas e que houve uma redução no prazo médio de pagamento, tendo este ficado no final do ano em 25 dias”.

Perante a situação financeira “positiva” apresentada, o presidente da Câmara Municipal agradeceu o contributo dos responsáveis políticos, das entidades e instituições parceiras, bem como os colaboradores da autarquia, a quem deixou o seu “reconhecimento”.