Câmara de Felgueiras reabre discussão sobre os parquímetros

A Câmara de Felgueiras aprovou a abertura de um segundo período de consulta pública ao regulamento dos parquímetros, em vigor desde segunda-feira, para responder às reclamações dos munícipes.

Na reunião do executivo, o presidente Inácio Ribeiro explicou aos vereadores que tem havido algumas questões apresentadas pela população, desde que foi retomado o estacionamento pago nas principais artérias da sede do Município e implementado pela primeira vez na Lixa, o segundo polo urbano do concelho.

Segundo o autarca, pretende-se “reapreciar alguns aspetos do regulamento”.

Nos últimos dias têm-se sucedido as críticas à reintrodução dos parquímetros, nomeadamente através das redes sociais, questionando-se a falta de alternativas ao estacionamento pago, entre outras críticas.

O primeiro vereador da oposição, o socialista Eduardo Bragança, criticou a iniciativa da maioria, por significar falta de “planeamento e gestão”, defendendo que a matéria devia ter sido analisada antes de entrar em vigor.

“Primeiro executam e depois pensam”, declarou.

Inácio Ribeiro frisou que no período de discussão pública que antecedeu a entrada em vigor do regulamento não houve reclamações dos munícipes.

Bragança reafirmou, por seu turno, que o PS critica o que considera ser um número exagerado de artérias em Felgueiras onde passou a ser exigido o pagamento pelo estacionamento de viaturas, sem que haja alternativas para os automobilistas.

Para o eleito socialista, também não se justifica a introdução de parquímetros na cidade da Lixa.