Câmara de Paços de Ferreira (PS) aprova desagregação de freguesias

A matéria será também discutida e votada na próxima Assembleia Municipal, “cumprindo os trâmites normais e legais”

A Câmara de Paços de Ferreira, por proposta do presidente Humberto Brito (PS), aprovou por unanimidade a desagregação das uniões de freguesias daquele concelho do distrito do Porto, informou hoje a autarquia.

 

Frazão e Arreigada, Paços de Ferreira e Modelos e Sanfins, Lamoso e Codessos são as freguesias abrangidas por esta decisão, de acordo com um comunicado enviado à Lusa.

A desagregação agora votada na câmara já tinha sido aprovada por unanimidade nas assembleias de freguesia.

A matéria será também discutida e votada na próxima Assembleia Municipal, “cumprindo os trâmites normais e legais”.

“Desde a primeira hora que o executivo liderado por Humberto Brito assumiu o compromisso de reverter esta decisão, uma vez que ela foi realizada de forma unilateral, por parte dos órgãos autárquicos municipais de então, apenas com os votos favoráveis do PSD, ao arrepio da legítima vontade popular e contra aquele que sempre foi o entendimento de todos os eleitos do Partido Socialista”, lê-se na informação.

Refere-se, ainda, que a “atual maioria PS na Câmara e Assembleia Municipal, desde o início de todo este longo e penoso processo, sempre se manifestou frontalmente contra esta decisão [agregação] e, de forma coerente, assumiu junto da população o seu empenho em reverter esta situação no sentido de o concelho voltar a ter 16 freguesias”.

 

APM.

Lusa/fim