Câmara investe 5,2 milhões para acabar com amianto nas escolas de Felgueiras

FOTO: Armindo Mendes

A Câmara de Felgueiras vai investir 5,2 milhões de euros para remover as coberturas com amianto que ainda existem em cinco escolas do concelho, disse hoje à Lusa o presidente Nuno Fonseca.

 

Segundo o autarca, as intervenções vão incidir, a partir dos próximos meses, em vários estabelecimentos de ensino, do básico ao secundário, prevendo-se que estejam concluídas até ao final do próximo ano letivo (2020/2021).

Os trabalhos vão beneficiar algumas das maiores escolas do concelho, frequentadas por milhares de alunos, nomeadamente Escola Básica 2,3 D. Manuel Faria e Sousa, Escola Básica e Secundária de Idães, Escola Básica Dr. Leonardo Coimbra, Escola Básica de Lagares e Escola Básica e Secundária de Airães.

Além da remoção do amianto, assinalou Nuno Fonseca, serão realizadas outras “obras de modernização total” nos estabelecimentos de ensino, beneficiando pavilhões, logradouros, espaços envolventes, cozinhas e refeitórios.

Deseja-se que os trabalhos permitam criar melhores condições térmicas e de mobilidade, além da remoção das placas com amianto, que é reclamada há décadas pelas comunidades escolares.

 

“OBRAS SÃO PRIORITÁRIAS”, DIZ O PRESIDENTE

 

À agência Lusa, o presidente daquele município do distrito do Porto destaca a importância do anúncio de hoje, sinalizando que as placas de fibrocimento contendo amianto, que ainda existem naquelas escolas, apresentam sinais de degradação, daí o caráter prioritário destas obras.

A programação das empreitadas até ao final do próximo ano letivo, concluiu, decorre de um compromisso assumido numa reunião com a Unidade de Gestão dos fundos que comparticipam as empreitadas.

 

 

ARMINDO MENDES/LUSA