Câmara Municipal quer mais zonas de construção no novo PDM

“A proposta da CCDR-N não vai de encontro ao que os felgueirenses querem”, acentuou o edil | FOTO: Armindo Mendes

O presidente da Câmara disse hoje na Assembleia Municipal que tudo está a ser feito, no âmbito do processo de revisão do PDM, para garantir mais terrenos de construção no concelho e corresponder às reivindicações das freguesias.

 

Respondendo no âmbito de uma questão suscitada pela oposição, Nuno Fonseca referiu haver dificuldades nesse processo, porque a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Norte (CCDR-N) está a levantar várias dificuldades.

Em causa está, segundo o autarca, o facto de, no âmbito da revisão do PDM, ser difícil à CCDR-N aceitar mais áreas de construção em Felgueiras, nomeadamente em freguesias, onde não há ainda saneamento básico e outras infraestruturas básicas.

Nuno Fonseca reconheceu que essa exigência da CCDR-N decorre do quadro legal, mas lembrou que tudo tem feito para sensibilizar aquele organismo desconcentrado do Estado para a necessidade de ser levado em conta que o concelho tem um plano a 10 anos para elevar para os 80% a taxa de cobertura de saneamento básico, recordando que quando chegou à câmara havia apenas uma cobertura de 33%.

 

Autarca não quer que pessoas saiam do concelho por não haver terrenos para construção

 

Se não for alterada esta posição da CCDR, referiu o autarca, o concelho ficará muito prejudicado no seu desenvolvimento futuro, devido às restrições na área da construção em sede de PDM, sobretudo nas freguesias, podendo até motivar a saída de pessoas para outros concelhos.

O chefe do executivo disse que não pode aceitar essa situação e que, por isso, tem insistido na argumentação junto da CCDR-N.

Caso esta questão não estivesse em cima da mesa, referiu, o atual processo de revisão do PDM poderia até já estar concluído, se a câmara aceitasse a proposta da CCDR-N.

“A proposta da CCDR-N não vai de encontro ao que os felgueirenses querem”, acentuou o edil.