Ciclo de conferências sobre arqueologia regressa a Felgueiras

O ciclo de conferências sobre arqueologia regressa a Felgueiras, a 22 de fevereiro, para abordar o I Megalitismo em Terras de Sousa e Tâmega, informou a autarquia.

 

As conferências sobre arqueologia programadas para o primeiro trimestre de 2020, abordarão marcos característicos do território de Felgueiras, Paços de Ferreira, Guimarães e Paredes, trazendo à cidade de Felgueiras especialistas das áreas em debate.

Na primeira conferência de 2020, acontecerá no dia 22 de fevereiro, pelas 15:30, na Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras e será intitulada de “Megalitismo em Terras de Sousa e Tâmega”.

A conferência será dada por Carla Stockler, arqueóloga especializada em Megalitismo, do Museu Municipal de Baião.

A oradora já dirigiu várias escavações arqueológicas e vai trazer para este encontro a sua experiência analisando, em simultâneo os monumentos do concelho de Felgueiras, entre os quais o “Dólmen” da Cividade (Refontoura).

O “Castro do Senhor dos Perdidos e o Castro do Vale do Sousa – Lugares Centrais” é o tema a abordar no mês de março, no âmbito deste ciclo de conferências sobre arqueologia. Este encontro decorrerá no dia 21 de março e contará com a presença de Teresa Pires de Carvalho, especialista na temática em debate.

Os participantes ficarão a saber mais sobre a Cultura Castreja do Noroeste, de que são exemplos representativos a Citânia de Sanfins, a Citânia de Briteiros e o Castro do Monte Mozinho.