Covid-19: GNR e Câmara param condutores para lembrar estado de emergência

Efetivos da GNR, Polícia Municipal de Felgueiras, bombeiros e autarcas efetuaram hoje, em vários pontos, operações stop para sensibilizar automobilistas ao respeito pelo estado de emergência.

 

Cerca de 50 elementos da proteção civil foram ativados, no âmbito do Plano Municipal de Emergência Civil, e fizeram paragem às viaturas que circulavam nas entradas dos principais centros urbanos do concelho: Felgueiras, Lixa e Barrosas.

Os agentes da autoridade, acompanhados por bombeiros, deixaram perguntas aos condutores sobre os motivos das suas deslocações e recomendaram que as pessoas devem ficar em casa, saindo só nas circunstâncias previstas no quadro legal em vigor de estado de emergência.

O presidente da Câmara, Nuno Fonseca, participou nas operações stop, numa das entradas da cidade de Felgueiras, na localidade de Moure (acesso à autoestrada).

O autarca justificou aos jornalistas a ação de hoje com a necessidade de ser reforçada a fiscalização e sensibilização das pessoas, recordando haver registo de concentrações de munícipes em número exagerado, nomeadamente na Alameda de Santa Quitéria e noutros pontos do concelho, durante o passado fim de semana, o que obrigou a câmara a encerrar aquela zona.

Nuno Fonseca prometeu que as ações de fiscalização vão intensificar-se neste fim de semana, para que, insistiu, as pessoas percebam a importância de ficar em casa, agora que a pandemia de Covid-19 entrou na sua fase de mitigação.

Lembrou, depois, que no concelho de Felgueiras muitas pessoas têm necessidade de fazer deslocações diárias devido ao facto de as empresas onde trabalham mais de 20 mil colaboradores continuarem em laboração.

Nesses casos, ressalvou, as deslocações estão autorizadas, mas durante o fim de semana e após o horário laboral as pessoas devem evitar sair de casa, exceto nas situações previstas na lei.

Portugal regista hoje 76 mortes associadas à covid-19, mais 16 do que na quinta-feira, e o número de infetados subiu para 4.268.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 540 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 25.000.

O concelho de Felgueiras, onde surgiram os primeiros casos da doença, no início de março, apresenta atualmente 26 pessoas infetadas com o novo vírus da covid-19, segundo o autarca.

APM // JAP

Lusa/fim