Deputada do PSD na AR questionou Governo sobre os transportes em Felgueiras

Lusa

Márcia Passos, deputada do PSD na Assembleia da República, questionou o Governo e a ministra da Coesão Territorial sobre a “carência” de transportes públicos e sobre o panorama local socioeconómico de Felgueiras.

 

A deputada considera que Felgueiras tem uma “enorme carência” de transportes públicos e “sofre as consequências do desequilíbrio nas portagens da A41”.

“Para chegar do Porto a Felgueiras os trabalhadores ou usam viatura própria, são inundados com portagens e demoram 40 minutos a fazer a viagem, ou usam transportes públicos e demoram mais de duas horas”, expões a deputada, vincando que “é impensável para quem se desloca todos os dias”.

Márcia Passos recordou algumas situações de alunos de Felgueiras que usam os transportes públicos que, “para chegarem à escola a horas, necessitam de se levantar e sair de casa de madrugada”.

 

Deputada abordou “situação de crise” dos empresários do concelho

A deputada social democrata abordou também a atual situação dos empresários do concelho de Felgueiras, salientando que “vivem talvez a maior crise de todos os tempos no setor do calçado”.

“A quebra de faturação é um autêntico abismo e a taxa de desemprego subiu, nos últimos meses, para cerca de 40%”, objetivou Márcia Passos.

Acrescentando: “Assiste-se a uma inação completa das comunidades intermunicipais”.

A finalizar a sua intervenção, a deputada deixou a questão: “O que é que o Governo tem para dizer a quem reside e trabalha em Felgueiras?”