Derrota do Marítimo B mantém Felgueiras na luta pelo título

O presidente do FC Felgueiras, Eduardo Teixeira, afirmou, este domingo, ao Expresso de Felgueiras que a derrota do Marítimo B, uma das equipas candidatas ao título, na série B, com o Aliança de Gandra (2-1), mantém o Felgueiras na luta pelos lugares cimeiros do Campeonato de Portugal Prio.

Falando na exibição do Felgueiras, que no sábado perdeu, em casa, com o Amarante FC (0-1), o dirigente da formação azul grená afirmou que a sua equipa perdeu ingloriamente, numa partida em que foi “claramente superior” ao Amarante.

“A haver um vencedor teria sido o FC Felgueiras. Tivemos mais oportunidades, mas, reconheço, não estivemos tão bem no capítulo da finalização”, afirmou, salientando que o lance do único golo é precedido de um livre inexistente e de fora de jogo não sancionado pela equipa de arbitragem.

Falando do jogo, Eduardo Teixeira criticou, também, o facto da estrutura que gere os árbitros ter nomeado uma equipa que é de Amarante, num jogo em que o Amarante FC estava envolvido.

“Penso que no futuro estas situações têm de ser acauteladas até para preservar a equipa de arbitragem”, disse, sustentando, no entanto, que este resultado não vai afetar a sua equipa que não atirou a toalha ao chão e promete continuar a lutar pelos lugares da frente.