Desemprego em Felgueiras aumenta em agosto face ao mês anterior

O desemprego no concelho de Felgueiras, o maior produtor e exportador nacional de calçado, aumentou em agosto, com mais 68 pessoas inscritas no centro de emprego, segundo dados divulgados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

 

Em agosto, naquele concelho, estavam em situação de desemprego 2.607 pessoas, 1.541 mulheres, mais 40 que em julho, e 1.066 homens, mais 28 que em julho.

O setor do calçado predomina no concelho, dando emprego a cerca de 20 mil pessoas.

Os dados divulgados pelo IEFP, relativos ao mês de agosto, indicam 1.659 pessoas no desemprego há menos de um ano, mais 25 pessoas que em julho, e 948 há um ano e mais, mais 43 do que em julho.

Em Felgueiras, procuram o primeiro emprego 173 pessoas, mais 20 que em julho, e 2.434 procuram novo emprego, ou seja, mais 48 pessoas que em julho.

Por grupo etário, o maior número de pessoas sem emprego situa-se entre os 35 e os 54 anos, estando sem emprego 1.025 pessoas. Procuram emprego 807 pessoas com 55 anos ou mais.

O desemprego nos jovens até aos 25 anos atinge 308 pessoas, sendo que 282 das pessoas inscritas no centro de emprego são licenciadas, mais 39 pessoas que em julho de 2020.