Despesas com luzes de Natal aumentaram quatro vezes e meia com Nuno Fonseca

São 92 mil euros este ano e mais de 406 mil euros desde que chegou à presidência

FOTO: Armindo Mendes (Direitos Reservados)

Os custos das iluminações de Natal em Felgueiras, desde que Nuno Fonseca (SIM ACREDITA) assumiu a presidência da câmara, em 2017, aumentaram dos 20.910 euros, no último ano da gestão de Inácio Ribeiro, para os 92.127 euros contratados por ajuste direto, este ano, pelo atual executivo.

 

O presidente da câmara e a sua equipa de vereadores são responsáveis políticos por terem aprovado mais de 400 mil euros de despesas, só em “luzinhas” de natal, desde 2017.

Estes números, que são oficiais e incluem IVA, podem ser consultados na Internet, no portal Base Gov.

 

Natal em grande em Felgueiras

 

Estes indicadores traduzem um crescimento na despesa de cerca de 440 %, ou seja, mais do que quadruplicaram, só com a iluminação de natal, numa fase em que, de acordo com os registos económicos, a autarquia apresenta sinais de debilidade financeira e recurso a créditos.

No primeiro ano de SIM ACREDITA, em 2017, as despesas com as luzes desta quadra festiva (cerca de 52.521 euros) aumentaram para mais do dobro do valor que tinha sido gasto em 2016 (20.910 euros) por Inácio Ribeiro.

Desde 2017, com este executivo, os custos foram sempre crescendo: cerca de 59 mil euros em 2018, cerca de 62 mil em 2019, cerca de 79 mil em 2020, cerca de 89 mil em 2021, e mais de 92 em 2022.

Em cinco dos seis anos de gestão de Nuno Fonseca e SIM ACREDITA, aquele serviço, por ajuste direto, foi adjudicado à mesma empresa.