Dia da Memória das Vítimas do Holocausto volta a ser assinalado em Felgueiras

FOTO: Armindo Mendes

 

O Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto volta a ser assinalado em Felgueiras, na sexta-feira e no sábado, com um conjunto de iniciativas alusivas ao tema.

Na sexta-feira, pelas 08:30, será exibido, no anfiteatro da Escola Básica de Airães, o filme “Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus”.

Posteriormente, seguir-se-ão dois momentos evocativos. O primeiro contará com a presença de familiares dos “Justos Portugueses” (que salvaram milhares de vidas humanas, em desfavorecimento pessoal) e, num segundo momento, a historiadora Irene Pimentel abordará o tema “Salazar, Portugal e o Holocausto”, sob a moderação de Leonídio Ferreira (Diário de Notícias). Segue-se “Poemas do Holocausto”, uma intervenção de Ana Paula Mabrouk.

Os eventos contarão com a presença de representantes das embaixadas da Hungria, Polónia e Roménia, bem como da Fundação Aristides de Sousa Mendes.

No sábado, o filme “Aristides de Sousa Mendes – O Cônsul de Bordéus” será novamente exibido, desta vez na Casa das Artes de Felgueiras, para que possa ser visualizado por toda a comunidade.

A iniciativa é promovida pelo Agrupamento de Escolas de Airães, em parceria com a Câmara Municipal de Felgueiras.

 

Reconhecimento desta iniciativa do Agrupamento de Escolas de Airães

Há cinco anos que Felgueiras assinala o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

A iniciativa reuniu, aquando das comemorações do 70.º aniversário da libertação dos prisioneiros de Auschwitz, a “Marcha da Vida”, mais de 1.500 alunos nas principais ruas de Felgueiras.

O Agrupamento de Escolas de Airães foi o único agrupamento que realizou a “Marcha da Vida” em Portugal, à semelhança de várias capitais europeias, contando com a cooperação de outras instituições escolares e da autarquia.

A atividade mereceu, ainda, um voto de louvor, aprovado por unanimidade pela Assembleia Municipal de Felgueiras.

Em 2014, a iniciativa recebeu a distinção “Eunice Muñoz”, atribuída pela Casa das Artes de Felgueiras.