Divisão Elite AF Porto arranca no domingo com vários dérbis da região (C/ÁUDIO)

O futebol distrital está de regresso, com o arranque, no domingo, da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), que será jogada sob um novo formato competitivo, e com a participação de várias equipas da região do Tâmega e Sousa.

 

Esta época, o principal escalão da associação portuense foi dividido em quatro séries de dez equipas. Os dois primeiros classificados de cada um dos grupos apuram-se para um ‘play-off’ de promoção. Os restantes oito clubes de cada uma das séries jogarão, na segunda fase, pela permanência. As equipas da região foram distribuídas pela série 3 e 4.

A série 3 arranca com dois dérbis regionais: FC Alpendorada – FC Lixa e Aliança Gandra – Barrosas.

O treinador do Alpendorada, Renato Coimbra, quer entrar na prova “a ganhar”, mas admite que, nesta altura, as informações que dispõe sobre o FC Lixa são escassas.

“Este Lixa para mim vai ser uma surpresa, pois não consegui recolher muitas informações ou nenhumas. É um adversário que tem muitos jogadores novos e sobre os quais não tenho referências. A única coisa que sei é que o Lixa tem uma história muito grande nestes campeonatos e, por norma, é uma equipa muito competitiva e difícil de bater”, sustentou.

 

 

A verdade é que o clube de Marco de Canaveses vai defrontar um Lixa profundamente remodelado, comparativamente à temporada anterior. Hélder Silva é o novo técnico do emblema do concelho de Felgueiras e comanda um plantel que integra apenas “dois elementos da época passada”.

Ainda assim, o treinador garante que o Lixa “vai para Alpendorada para conquistar os três pontos”. “Tenho a consciência que vamos defrontar uma equipa que tem argumentos que nós não temos, neste momento. Vamos tentar ganhar o jogo, sei que vai ser difícil, mas o nosso foco será esse”, avisou Hélder Silva.

 

 

No outro dérbi da região, o Aliança de Gandra, que continua a ser comandado por Juvenal Brandão, recebe o Barrosas, que manteve Tonanha como timoneiro.

Ainda na série 3, destaque para o dérbi do concelho de Valongo, entre Alfenense e Sobrado.  Ermesinde e São Pedro da Cova recebem Gens e Vilarinho, respetivamente.

Na série 4, o Marco-09 – Rebordosa é o “jogo grande” da ronda inaugural. A partida assinalará a estreia de Pedro Vilaça ao leme da equipa encarnada.

O técnico marcuense quer arrancar a época com a conquista dos três pontos, mas sublinha que o adversário do próximo domingo dispõe de “uma equipa fortíssima” e é “um dos crónicos candidatos à subida de divisão”.

 

 

“O Marco vai encarar o Rebordosa com todo o respeito e consideração que nos merece, mas ao mesmo tempo com o foco de vencer o jogo. Queremos entrar no campeonato a vencer”, sublinhou Pedro Vilaça.

O conjunto do concelho de Paredes continua a ser orientado por Arlindo Gomes. O treinador aguarda “por um jogo de grau de dificuldade acrescido”.

 

 

“Acreditamos que estamos preparados para este desafio, sabendo que vamos ter um adversário com muitas valias individuais. Coletivamente também é forte. Mas o Marco também terá pela frente um Rebordosa com bastantes argumentos”, advertiu.

Ainda na série 4, o Águias de Eiriz estreia-se na prova, em casa, no dérbi de Paços de Ferreira, ante o Freamunde. O técnico Pedro Machado fará o primeiro jogo oficial ao leme dos ‘capões’.

A tarde de domingo também será de estreia para os técnicos de Lousada, Aparecida e Felgueiras B, Marcos Nunes, Ricardo Barros e Daniel Teixeira, respetivamente.

Lousada e Aparecida medem forças entre si, no dérbi concelhio. A equipa secundária azul grená recebe o Sousense.

Luís Miguel volta ao banco do Vila Caiz na receção ao Aliados de Lordelo, que continua a ser liderado por Armando Santos.

Todos os jogos estão agendados para domingo, às 17:00.