Duas vitórias consecutivas em casa dão novo “fôlego” ao FC Lixa

O FC Lixa ganhou novo fôlego na luta pela manutenção na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP), após o triunfo, no domingo, na receção ao Alpendurada (3-2), que permitiu abandonar o último lugar na tabela, o que aconteceu pela primeira vez em muitas jornadas.

 

A época está a ser atípica para o FC Lixa. Habituado a ocupar as posições cimeiras da tabela, este ano o clube azul e branco vive um cenário completamente distinto, lutando desesperadamente para se salvar da descida de divisão.

A entrada e saída de vários jogadores e treinadores ajuda a justificar o mau momento. A temporada começou com Tó Jó no comando. Foi substituído por José Campos que, entretanto, cedeu o lugar a Filipe Mesquita.

Foi já com Filipe Mesquita ao leme que os lixenses colocaram um ponto final numa longa série de 16 jogos oficiais consecutivos sem ganhar.

Nos dois últimos desafios disputados no Estádio Senhor do Amparo, o Lixa triunfou sobre Sousense e Alpendurada, ambos por 3-2, e com reviravolta no marcador.

Os azuis e brancos cederam a ‘lanterna-vermelha’ da competição ao Lousada, mas permanecem em zona de despromoção, com 12 pontos, a quatro de distância do vizinho Barrosas.

Francisco Castro, técnico-adjunto do Lixa, reconhece que, “para uma equipa que andou meses e meses sem ganhar, vencer é sempre importante”.

 

 

Ainda assim, adverte que a equipa tem de continuar a ganhar jogos e a somar pontos “para continuar a acalentar a esperança de se salvar da descida”.

“Temos de pensar que os pontos que temos neste momento não chegam para aquilo que pretendemos. Estamos ainda abaixo da linha d’água e queremos sair de lá”, sublinha.

No domingo, às 15:00, o Lixa recebe o rival Vila Meã. Francisco Castro aguarda “por um jogo complicado, diante de um adversário forte, com outros objetivos”.

 

 

“O Lixa já demonstrou que tem capacidade para disputar o jogo com qualquer outra equipa, mas terá de ser competente e uma capacidade de trabalho superior aos adversários”, conclui.