EDITORIAL: Dar eco à sociedade civil inconformada!

O Expresso de Felgueiras (EF) retoma hoje a sua publicação, com atualização regular de conteúdos, a partir desta data.

 

Concluído o período de reflexão dos seus proprietários, que coincidiu com a suspensão da publicação por alguns meses, a direção do EF decidiu reativar o projeto, por, humildemente, entender que não se encontra preenchido o espaço editorial que este jornal construiu desde a sua fundação em 2006, um património de que se orgulha.

Mantêm-se, por isso, os princípios e as linhas editoriais da fundação do Expresso de Felgueiras, ou seja, não apostamos no “jornalismo” vertiginoso assente na espuma das redes sociais, à procura de audiências e alcances maciços.

Honrando o passado desta publicação, a nossa intervenção continuará a ser independente, atenta e aberta a todas as sensibilidades da sociedade concelhia.

Queiram elas compreender a nossa forma de estar e comunicar.

O EF retoma a sua publicação para, como noutros momento marcantes no concelho desde 2006, quando surgimos, ser parte ativa num contexto social, económico e político complexo, desafiante, de muitas mudanças, em curso e/ou em ebulição, que tendem a acentuar-se doravante, substantivamente, dando eco a uma sociedade civil exigente e inconformada!