Editorial: Hélder Quintela é o novo Diretor-Adjunto do “Expresso de Felgueiras”

Para contentamento meu, o Hélder aceitou e já é, de pleno direito, um dos responsáveis editoriais deste jornal “made in” Felgueiras e por felgueirenses, há 16 anos!

O felgueirense Hélder Quintela tem sido, desde o início do projeto “Expresso de Felgueiras”, em março de 2006, um colaborador empenhado. É, aliás, além da minha pessoa, o único dos quatro fundadores que ainda se mantém no jornal.

 

Ao longo das várias fases do projeto, tem sido autor de artigos de opinião de enorme qualidade e é um dos comentadores residentes da rubrica em vídeo “Comissão Permanente”, que vai voltar, na próxima semana, com bastantes novidades, num exercício de liberdade de expressão feito por gente da terra.

Apesar de, na sua Felgueiras, não merecer, no meu ponto de vista, o reconhecimento que merecia, nomeadamente por parte dos poderes públicos vigentes, enviesados em “politiquices da loja dos chineses”, o Hélder é uma personalidade respeitada na sua profissão, liderando uma equipa de quadros técnicos multinacional, e no mundo académico, no qual desempenha prestigiados cargos.

No nosso humilde projeto editorial, temos ambos aprofundado uma relação profissional profícua e de partilha, que se acentuou, há cerca de ano e meio, quando, na Digitâmega, empresa proprietária do Expresso de Felgueiras e outros títulos na nossa região, começámos a desenvolver projetos de conteúdos em vídeo.

Nesse e noutros registos, o Hélder tem sido um colaborador (note-se: não remunerado) empenhado e as suas qualidades, nomeadamente como comunicador de excelência, têm-se destacado, como entrevistador no espaço “À conversa com…”, um pouco por toda a região do Tâmega e Sousa, que já é um espaço de referência na comunicação social da região.

Mas o Hélder tem sido muito mais do que isso, assumindo-se, cada vez mais, como um parceiro ativo na conceção e desenvolvimento de ideias/projetos nas várias plataformas, nomeadamente no Tâmegasousa.pt, Expresso de Felgueiras, Expresso de Amarante, Expresso de Penafiel, entre outras.

Por isso, ousei desafiar o Hélder Quintela para assumir o cargo de Diretor-Adjunto do Expresso de Felgueiras.

Para contentamento meu, o Hélder aceitou e já é, de pleno direito, um dos responsáveis editoriais deste jornal “made in” Felgueiras e por felgueirenses, há 16 anos!

E tal é transcendente, porque atravessamos um momento crucial para grande parte da imprensa concelhia independente, nomeadamente os seus dois jornais, que enfrentam um desprezo, singular em toda a região do Tâmega e Sousa, de um poder político municipal, avesso ao contraditório e dono de uma política de comunicação fechada sobre si mesmo, paradoxalmente, em linha com o que vinha do passado, com Inácio Ribeiro e Fátima Felgueiras, num exercício de anacronismo que não se entende.

Por isso tudo, obrigado Hélder, por fazeres parte deste projeto! Conto contigo para o tornar mais forte, “contra ventos e marés”, em prol de um concelho de Felgueiras plural e sem mordaças.

Armindo Mendes