Embaixador chinês diz que país pode importar mais calçado português

No final da visita a Felgueiras, o embaixador foi agraciado pelo presidente da Câmara, Inácio Ribeiro, com a medalha que assinala os 500 anos da atribuição do foral àquele município do Vale do Sousa

FOTO: Armindo Mendes

O embaixador da China em Portugal, Huang Songfu, disse hoje à Lusa, em Felgueiras, que o aumento do poder de compra naquele país asiático é positivo para incrementar as exportações portuguesas de calçado.

“Nos últimos 35 anos, com a política de reforma e abertura, o poder de compra do cidadão comum na China cresceu muito. Um sapato que custe 200 ou 300 dólares é comprado muito facilmente”, afirmou o diplomata.

Huang Songfu acompanhou esta manhã o secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira, numa visita a uma grande empresa de calçado de Felgueiras que dedica grande parte da sua produção à exportação.

Para o embaixador, “o calçado produzido em Portugal tem qualidade e preço para crescer no grande mercado chinês”, defendendo que os empresários nacionais só têm de “encontrar o parceiro certo na China para abrir espaços aos produtos portugueses”.

“O mercado chinês está aberto para todos os produtos estrangeiros”, acentuou, comentando que “Portugal é um país muito amigo da China”.

À Lusa, Huang Songfu admitiu estar otimista sobre o futuro do setor do calçado português no que tem a ver com a colocação dos produtos na China, um mercado que, assinalou, tem 300 municípios com mais de um milhão de habitantes.

“Estou otimista. Como embaixador, tenho toda a vontade de fazer promoção da cooperação bilateral entre a China e Portugal”, declarou, enquanto apelava a uma maior divulgação do produto.

O diplomata convidou os empresários portugueses a passarem pela secção comercial da embaixada, onde, anotou, “poderão encontrar orientações para a exportação dos seus produtos para o mercado chinês”.

No final da visita a Felgueiras, o embaixador foi agraciado pelo presidente da Câmara, Inácio Ribeiro, com a medalha que assinala os 500 anos da atribuição do foral àquele município do Vale do Sousa.

É das dezenas de empresas de Felgueiras que sai mais de metade do calçado português exportado para vários mercados internacionais.