Entrevista/Vídeo: Escola Sec. de Felgueiras completou 46 anos: “Em educação o caminho é longo”

A Escola Secundária de Felgueiras foi criada por Decreto-Lei em 26 de maio de 1975 assinado pelo então primeiro-ministro Vasco Gonçalves, e foi a primeira escola deste nível de ensino a ser criada no concelho, sendo contemporânea na região do Tâmega e Sousa das escolas secundárias de Amarante, Marco de Canaveses e Paços de Ferreira.

 

Atualmente o concelho de Felgueira dispõe de oito escolas com ensino secundário, sendo a ESF a única escola não agrupada do território. Ao longo dos 46 anos de vida a ESF já teve várias localizações, sendo a primeira no centro da então Vila de Felgueiras, e a atual na zona escolar tendo as suas instalações sido requalificadas há oito anos pela Parque Escolar.

Atualmente, frequentam a escola 1.100 alunos distribuídos pelos diferentes níveis de ensino: 3.º ciclo, secundário, ensino profissional e a formação de adultos (ensino noturno), que é desde sempre uma marca distintiva desta escola.

Em entrevista ao Expresso de Felgueiras, Anabela Leal, diretora da ESF, que está na escola há 28 anos, realçou que a “a escola tem projetos diferenciadores, porque tem de ser um espaço onde se desenvolvem competências além das técnicas e académicas”, como são exemplos a mobilidade internacional e a intervenção cultural. Um dos temas atuais na gestão das escolas é a municipalização da educação, a qual, na opinião de Anabela Leal, tem aspetos “que correm muito bem e outros muito mal”.

Hélder Quintela