Escola Secundária da Lixa recebe certificação de ensino profissional

A Escola Secundária da Lixa recebeu um selo de conformidade que certifica os cursos profissionais ministrados durante os próximos três anos, indicou hoje fonte do estabelecimento de ensino.

 

A certificação foi atribuída, no final de janeiro, pela Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), um departamento do Ministério da Educação (ME) que gere o ensino profissional e profissionalizante.

A escola, que faz parte do Agrupamento de Escolas da Lixa, tem 180 alunos inscritos em seis cursos profissionais.

Em declarações ao Expresso de Felgueiras, o coordenador do ensino profissional do agrupamento sublinhou que a atribuição do selo é importante para a manutenção e continuidade deste tipo oferta formativa.

“O selo certifica a qualidade dos cursos e que estes cumprem as normas estabelecidas. As escolas certificadas terão, entre outras vantagens, prioridade na escolha das formações e a possibilidade de manter a sua oferta nesta área”, explicou Alfredo Alves.

O responsável frisou, ainda, que a certificação se realiza no âmbito de uma norma europeia, que possibilita o acesso a financiamento no âmbito do Programa Operacional do Portugal (POCH).

“No futuro, as escolas que não tiverem este tipo de certificação não terão acesso a esses fundos e podem mesmo perder os seus cursos”, acrescentou.

Sobre a atividade formativa profissional do agrupamento, Alfredo Alves adiantou, ainda, que o número de alunos inscritos (180) está “muito perto dos objetivos” estabelecidos pelo Ministério da Educação para este tipo de ensino.

“As orientações apontam para que as escolas tenham 50% dos seus alunos inscritos nestas ofertas profissionais e profissionalizantes. Neste momento, na nossa escola andamos muito perto desse valor, entre os 45% e os 50%”, concluiu.