Esperados 30 mil participantes na concentração Motard de Vizela (C/VÍDEO)

A 13.ª concentração motard de Vizela, no distrito de Braga, deverá contar com 30 mil participantes, o dobro da última edição realizada em 2019, disse hoje à Lusa a organização.

 

“Estamos a trabalhar neste evento, que será o maior de sempre, há vários meses e contamos com o dobro de motards de todo o país”, afirmou Romeu Osório, do Moto Clube da Vizela, entidade promotora do evento.

O dirigente acentuou que vai ser uma “edição especial”, porque assinalará o 20.º aniversário da coletividade e, por isso, terá um programa mais ambicioso, destacando o ponto alto do evento, que será um concerto da banda “Xutos e Pontapés”, no dia 24.

“Tenho recebido chamadas de norte a sul do país de clubes entusiasmados com a nossa concentração e com a presença dos Xutos e Pontapés”, afirmou, referindo que se trata de um grupo muito apreciado pelos motards.

O dirigente falava após a conferência de imprensa de apresentação do evento, que vai decorrer de 24 a 26 de junho, no Parque das Termas, junto ao rio Vizela.

À Lusa, o presidente da Câmara de Vizela, Vítor Hugo Salgado, destacou a importância de um evento com “enorme tradição no país e que arrasta multidões”.

“Estamos a reunir a condições para termos em Vizela uma das maiores concentrações motard do país”, anotou.

O autarca referiu que o município e o clube estão a trabalhar toda a logística, que disse ser complexa, envolvendo também a proteção civil, “para que tudo corra bem”.

O concerto dos Xutos e Pontapés, explicou, vai decorrer numa nova plataforma criada recentemente junto ao Parque das Termas, que reúne “boas condições para acolher milhares de pessoas”.

Anotou, ainda, que tudo está a ser preparado para receber em Vizela, naqueles dias, cerca de 30 mil pessoas, o que considerou “muito importante” para a promoção de um concelho que tem no turismo uma das suas maiores apostas.

APM.

Lusa/fim