Estudantes de Felgueiras visitaram casa de Aristides de Sousa Mendes

Vários alunos do Agrupamento de Escolas de Airães, Felgueiras, visitaram a casa onde viveu Aristides de Sousa Mendes, em Carregal do Sal, informou o diretor do agrupamento, Rui Silva.

Segundo a mesma fonte, a visita esteve integrada no âmbito de um projeto pela defesa dos direitos humanos e pretendeu dar a conhecer a Aristides Sousa Mendes, cônsul português em Bordéus, França, que se notabilizou pela ajuda aos judeus, na Segunda Guerra Mundial, e que durante cinco anos concedeu milhares vistos de entrada em Portugal.

A deslocação a Carregal do Sal e à casa onde residiu Aristides Sousa Mendes, em Cabanas de Viriato, que está a ser objeto de obras de beneficiação, teve, também, como objetivo promover a memória dos milhões de judeus exterminados pelos nazis durante a segunda guerra mundial e fazer a exaltação da memória de Aristides de Sousa Mendes.

Falando do projeto em torno dos direitos humanos, em vigor no Agrupamento de Escolas de Airães, Rui Silva explicou que o estabelecimento de ensino tem, inclusive, uma parceria com uma escola polaca pela defesa dos direitos humanos.

A este propósito, o diretor do agrupamento destacou que, nos últimos anos, têm sido produzidos um conjunto de atividades e iniciativas com o objetivo de assinalar o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e a libertação do campo de concentração de Auschwitz, na Polónia.

aristides-sousa-mendes-2

À chegada a  Carregal do Sal, a comitiva de alunos, que contou com as presenças do presidente de Câmara Municipal de Felgueiras, Inácio Ribeiro, do vereador da Educação, João Sousa, e dos diretores do Agrupamento de Airães e da Escola Secundária de Felgueiras foi recebida pelo presidente da Câmara Municipal de Carregal do Sal, Rogério Mota Abrantes e pela vereadora da Cultura, Ana Cristina Borges.

O presidente da Câmara de Felgueiras justificou o envolvimento do município neste projeto pela importância da evocação da memória das vítimas do Holocausto e pelo cultivo dos valores humanos.

O autarca referiu-se a Aristides de Sousa Mendes como “um verdadeiro exemplo de amor ao próximo, em sacrifício da sua vida pessoal e familiar e que lhe viria a custar a sua carreira e o seu património”.