Fafe transforma antigo armazém da estação ferroviária em galeria de arte

A Câmara de Fafe vai transformar o armazém da antiga estação ferroviária numa galeria de arte, no âmbito de um projeto que também prevê o restauro do edifício principal, avançou à Lusa fonte autárquica.

 

Segundo a fonte, o projeto propõe-se “homenagear o passado, integrando-o num edifício voltado para o futuro”, representando um investimento de cerca de 700 mil euros.

O concurso para a empreitada já foi lançado pela câmara e prevê-se que a obra decorra ao longo de 10 meses.

O espaço do antigo armazém terá uma utilização multifuncional, com uma área destinada a galeria de arte, para onde se prevê a realização de exposições permanentes e temporárias. Além disso, ficará com condições para ser utilizado como auditório com lotação para 100 lugares sentados.

Em termos gerais, a obra consiste no restauro do edifício existente, devolvendo-o à sua traça original, bem como à sua ampliação.

A autarquia assinala que a intervenção hoje anunciada “pretende igualmente dar continuidade à recente intervenção de requalificação do Parque 1º de Dezembro (antigo Largo da Estação).

Aquele largo, no centro da área urbana, ainda hoje é considerado “um espaço de eleição na cidade de Fafe, mantendo o objetivo que tinha aquando da sua execução nos inícios do século XX, servindo de postal de boas-vindas a quem chegava a Fafe de comboio”.

 

APM // ACG

Lusa/fim