Feirantes de Felgueiras querem mercado ao domingo uma vez por mês

Os feirantes de Felgueiras pediram à câmara que autorize a realização de uma feira no segundo domingo de cada mês, para compensar a quebra de negócio nos mercados semanais realizados à segunda-feira.

Três representantes dos feirantes dirigiram-se ao presidente da autarquia, Inácio Ribeiro, na reunião que decorreu na quinta-feira, falando do “desânimo e indignação” que há entre os colegas por não ter sido autorizada a realização da feira ao domingo, que dizem ser uma reivindicação antiga apresentada à autarquia.

“Fazemos um apelo profundo, de coração, para alterar esta situação”, afirmou Maria Leão Ferreira.

Recentemente, a Câmara de Felgueiras autorizou, a título experimental, a realização, no segundo sábado de cada mês, de uma feira naquela cidade, o que aconteceu pela primeira vez este mês.

Contudo, os feirantes dizem não concordar com essa solução, porque ao sábado realiza-se outras feiras na região, preferindo por isso o domingo.

A representante dos feirantes explicou ao executivo camarário que aquele pedido não está a ser feito a outros municípios da região, como Amarante, Guimarães ou Vizela, explicando que só o fazem em Felgueiras, porque o volume de negócios no mercado daquela cidade é muito baixo.

Maria Leão Ferreira recordou ao presidente da Câmara que em Felgueiras poucas pessoas têm possibilidade de ir ao mercado semanal, à segunda-feira, porque trabalha quase toda a gente nas fábricas. Declarou ainda que, se for necessário, poderia fazer chegar à câmara um abaixo-assinado de feirantes a pedir a alteração.

Feirantes de Felgueiras 2

O presidente Inácio Ribeiro prometeu avaliar “com tranquilidade e sem precipitação” a vontade dos feirantes, recordando a necessidade de conciliar interesses. Afirmou depois que a vontade do Município é que haja cada vez mais negócio na feira de Felgueiras.

O autarca remeteu para uma reunião, a realizar brevemente com aqueles comerciantes, para analisar em pormenor o dossier, recordando que outras entidades terão de ser auscultadas.

Os feirantes recordaram, a terminar, que se nada for feito haverá cada vez mais comerciantes a abandonar o mercado semanal de Felgueiras, como já estará a ocorrer face ao pouco movimento à segunda-feira.

 

APM // MSP

Lusa/fim