Felgueiras acorda cooperação económica com município moçambicano

O acordo de geminação entre os dois municípios assinala os 510 anos da morte do navegador Nicolau Coelho, oriundo de Felgueiras, ocorrida num naufrágio na zona de Quirimbas, próxima de Mocímboa da Praia

O município moçambicano de Mocímboa da Praia e a Câmara de Felgueiras, no norte de Portugal, vão promover ações de cooperação económica e cultural no âmbito de acordo de geminação, disseram hoje autarcas dos dois países.

“Temos de apostar na formação para capacitar o desenvolvimento da região”, comentou o presidente do Conselho Municipal de Mocímboa da Praia, Fernando Abel Neves, que hoje iniciou uma visita a Felgueiras.

Para o autarca moçambicano, “a formação e a capacitação dos jovens é importante”, acrescentando que os “laços positivos” que há no acordo com Felgueiras são benéficos para ambas as partes.

Nos próximos dias, uma delegação moçambicana vai estabelecer contactos com entidades de Felgueiras ligadas ao ensino e à formação profissional.

“Há muitos pontos em comum entre os dois municípios”, evidenciou ainda, admitindo a possibilidade de ser criada no seu município uma casa da cultura com o nome de Felgueiras.

O presidente do Conselho Municipal de Mocímboa da Praia lidera a comitiva moçambicana que vai permanecer em Felgueiras até ao dia 10 de agosto. O grupo integra também o vereador do Turismo, Frederico João, e o diretor Nacional de Desenvolvimento Autárquico, Manuel Rodrigues.

As três personalidades moçambicanas foram hoje recebidas nos paços do concelho de Felgueiras pelo presidente da câmara Inácio Ribeiro.

O acordo de geminação entre os dois municípios assinala os 510 anos da morte do navegador Nicolau Coelho, oriundo de Felgueiras, ocorrida num naufrágio na zona de Quirimbas, próxima de Mocímboa da Praia.

“É importante assinalarmos e homenagearmos a figura do português e felgueirense Nicolau Coelho”, assinalou hoje o autarca português.

Inácio Ribeiro considerou benéfica a aproximação entre os dois municípios, destacando o plano económico “através da troca de produtos e saberes, especialmente da formação técnico profissional”.

O acordo de geminação vai ser apreciado e votado na próxima reunião do executivo municipal de Felgueiras.

 

APM.

Lusa/fim