Felgueiras B vence Salvadorense depois da derrota com Paços Gaiolo

O Felgueiras B regressou, sábado, às vitórias, ao vencer o Salvadorense (2-0), em partida a contar para para a 23ª Jornada, da série 3, da 2ª divisão da Associação de Futebol do Porto.

Depois da derrota na penúltima jornada frente ao Paços de Gaiolo (1-0), a formação felgueirense, orientada por Mário Coimbra, regressou às vitórias, com dois golos obtidos por Alexandre Herculano e Joel Barbosa.

A formação secundária felgueirense entrou melhor no encontro e logo nos instantes iniciais poderia ter feito o primeiro golo, com Alexandre Herculano, um dos jogadores a formação azul grená que esteve em destaque, a rematar com perigo, com o esférico a rasar ao o posto da baliza defendida pelo guarda-redes do SC Salvadorense.

Ao minuto 25, Hélder Lopes, do Felgueiras, passou por dois adversários e remata com perigo, mas a bola, mais uma vez, passou ao lado da baliza da formação visitante.

O resultado chegou ao intervalo com um nulo, um resultado que acaba por penalizar a formação da casa, que teve várias oportunidades para abrir o marcador.

Na segunda metade do encontro, o Felgueiras B, entrou de novo melhor e ao minuto 50, Xavier Sousa, do Felgueiras, na cobrança de um livre chutou forte com a bola a passar próximo da barra da baliza adversária.

À passagem do minuto 54, Alexandre Herculano a passe de Hélder Lopes cabeceou e bateu pela primeira vez o guarda-redes do SC Salvadorense.

A formação visitante acusou o golo e foi à procura da igualdade. Ao minuto 63, Rui Queirós, da formação felgueirense impediu que o Salvadorense igualasse o marcador ao cortar o esférico mesmo em cima da linha de golo.

O técnico do Felgueiras B mexeu na equipa e fez entrar Cristiano e Joel Barbosa para os lugares de Cristianinho e Zé Paulo.

A formação visitante a correr atrás do prejuízo dispôs, ainda, de dois remates um ao 70 e outro aos 75, mas sem perigo para a baliza defendida por Gina.

À passagem do minuto 83, a formação da casa fez o 2-0, por intermédio de Joel Barbosa, num  remate forte e colocado após passe de Alexandre Herculano.

Mário Guimarães voltou a mexer na equipa, fazendo entrar Rui Faria e Sandro para os lugares de Di Maria e Alexandre Herculano, mas o resultado final manter-se-ia até ao apito do árbitro.

No rescaldo ao encontro, o treinador da equipa secundária do Felgueiras, Mário Guimarães, assumiu que a sua formação não esteve bem no capítulo da finalização, tendo errado inúmeros passes.

“Foi o pior jogo que o Felgueiras B fez. Cometemos erros que usualmente a minha equipa não comete”, frisou, salientando que um clube que tem aspirações em lutar pelo primeiro lugar não pode capitular na hora de fazer golo nem desperdiçar as oportunidades que o Felgueiras B teve nesta partida.

Ao Expresso de Felgueiras, o técnico da formação secundária do Felgueiras assumiu que não vai ser fácil ultrapassar a Associação Desportiva de Lousada, mas mostrou-se confiante que a sua equipa vai lutar pelos lugares que dão acesso ao “play off” de subida.

O Felgueiras B mantém-se no segundo lugar, com 48 somados, a oito pontos de distância da Associação Desportiva de Lousada que tem 56 pontos e venceu o Airães por (0-3). Na próxima jornada, a formação azul grená desloca-se ao Complexo Desportivo de Lousada, no jogo grande da jornada.