Felgueiras investe 451 mil euros para recuperar antigo grémio da lavoura

A Câmara de Felgueiras anunciou hoje que arrancaram as obras de restauro do antigo grémio da lavoura, um emblemático edifício daquela cidade, orçadas em cerca de 451 mil euros.

 

O presidente da Câmara Municipal, Nuno Fonseca, citado no comunicado, refere que esta empreitada irá “dotar aquele local de espaços de utilidade pública” e vai respeitar a sua “beleza arquitetónica”.

Nuno Fonseca afirma, ainda, que com esta intervenção a autarquia “pretende devolver ao grémio da lavoura o estatuto que ele merece”.

“Na elaboração do projeto houve o cuidado de manter e restaurar grande parte dos espaços, não alterando significativamente a traça do edifício, que durante muitos anos foi tão importante e serviu de retaguarda para a dinâmica da atividade agrícola concelhia”, justificou.

A intervenção consiste em melhorar as condições de utilização daquela importante construção.

O piso 0 destina-se à criação de um espaço de promoção municipal e de produtos locais. O piso 1 será preenchido por espaços multifuncionais.

A obra é cofinanciada no âmbito do Portugal 2020, ao abrigo do Programa Operacional Regional do Norte – NORTE 2020, através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.