Felgueiras regista quebra de 93 milhões de euros em exportações em 2020

O valor das exportações de Felgueiras registado em 2020 aponta para uma quebra de 93 milhões de euros face a 2019, segundo dados adiantados pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N).

 

A informação consta no relatório trimestral “Norte Conjuntura” referente ao quarto trimestre de 2020.

Segundo o documento, no final de 2020 o concelho registou um volume de exportações na ordem dos 628 milhões de euros, menos 93 milhões do que em 2019 (721 milhões de euros), uma diminuição de 12,8%.

Relativamente ao quarto trimestre de 2020, o concelho sofreu “uma redução acentuada” nas suas exportações, acrescenta a CCDR-N, apontando para uma quebra de 10,7% em relação ao mesmo período, no ano anterior.

A entidade sublinha que Felgueiras e Paços de Ferreira, os dois principais exportadores do Tâmega e Sousa, foram os concelhos onde, no último trimestre de 2020, a redução nas exportações da sub-região foi “mais acentuada”, face ao período homólogo em 2019.

O relatório inclui, ainda, dados para janeiro de 2021, que apontam para uma “continuidade” da tendência de decréscimo no volume de exportações em Felgueiras.

Segundo o documento, o concelho registou, no primeiro mês de 2021, uma diminuição na ordem dos 5,6% , face ao mesmo período, em 2020.

Todos os concelhos do Tâmega e Sousa “registaram uma deterioração da procura externa no 4.º trimestre que se acentuou, posteriormente, em janeiro de 2021”, conclui a CCDR-N.