Felgueiras vai refletir sobre a desigualdade de género em Dia da Mulher

O Município de Felgueiras vai assinalar o Dia Internacional da Mulher, a 08 e março, com a exibição de uma longa metragem que ajuda a refletir sobre a desigualdade de género. 

 

“As Sufragistas” é o nome da longa metragem que assinala em Felgueiras o Dia Internacional da Mulher.

O Município, em parceria com a ACLEM, pretende que o território analise a questão da igualdade tendo por base factos reais.

“A Igualdade de Género não é algo de abstrato. É uma realidade, é concreta e as pessoas têm que perceber a luta que foi travada para chegarmos onde estamos”, referiu Nuno Fonseca, presidente da Câmara de Felgueiras, citado em comunicado.

“Há muitos direitos que continuam conquistados apenas no papel, mas cabe a cada um/a de nós fazermos a diferença e travarmos essa luta diariamente”, acrescentou.

 

As Sufragistas

 

Rosa Maria Pinto, vereadora da Coesão e Ação Social, também citada no comunicado, salienta o trabalho da autarquia neste domínio.

“Temos em vigor, desde 2019, o Plano Municipal para a Igualdade e Não-Discriminação que foca diversas áreas de intervenção e que nos mostra de forma inequívoca que a Igualdade de Género não se trata de uma guerra de sexos, mas sim de garantir melhores condições a todos/as para o exercício dos seus direitos”.

A iniciativa, que se encontra inserida no Plano Municipal para a Igualdade e Não-Discriminação do Município de Felgueiras, decorre na Casa das Artes de Felgueiras, pelas 21:00, e tem entrada gratuita.