Freamunde e Alpendurada goleiam na 2.ª jornada da Divisão de Elite (C/ÁUDIO)

Freamunde e Alpendurada estiveram em destaque na 2ª jornada da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). Capões e “Pedreiros” golearam o Vila Caiz e o Sobrado, respetivamente.

 

Na estreia em casa esta temporada, o Freamunde derrotou o Vila Caiz com seis golos sem resposta. Tshabalala, que fez um hat-trick, Fonseca, Beirão e Paulo Monteiro desenharam a vitória da equipa comandada por Jorge Nogueira, que serviu “para limpar a imagem deixada, na semana passada, em Rebordosa”.

“Acho que isso foi conseguido, apesar de na primeira parte termos tido uma boa réplica do Vila Caiz. Na segunda parte, tivemos uma entrada muito forte e, em apenas 10 minutos, chegamos ao 4-0 com alguma facilidade. Isso deu-nos tranquilidade. A vitória é justa, mas, se calhar, por números um bocadinho elevados”, reconhece o técnico dos capões.

 

 

Jorge Regadas, treinador do Vila Caiz, também considerou o “resultado pesado”, sublinhando que “este jogo não traduz a valia da equipa”. “Há conclusões a tirar, que vão ser conversadas no seio do grupo. É preciso tirar as ilações necessárias para tentar corrigir aquilo que esteve menos bem”, afirmou.

 

 

O Alpendorada venceu em Sobrado por 4-0, com golos de Kevin (p.b), Rafinha, Carlão e Alex.  O técnico Renato Coimbra considera que o conjunto azul e branco justificou o triunfo por ter sido “melhor na primeira e na segunda parte”.

“Há dias assim, em que vamos à baliza do adversário e fazemos golos. Há outros, como no domingo passado, em que vamos muitas vezes e não conseguimos fazer. Foi mais uma boa exibição da nossa parte e estamos contentes”.

 

 

O Alpendorada passou a somar 4 pontos, os mesmos do Aliança de Gandra que, na receção ao Sousense, ganhou por 4-2, com bis de Frazão e de Maurício.

O dérbi entre Aparecida e Barrosas terminou com uma igualdade a uma bola. A equipa do concelho de Lousada marcou a abrir o encontro, por Fábio Teixeira. Os felgueirenses empataram no início da etapa complementar, por Korta.

Hélder Silva, técnico do Aparecida, considera que o “resultado é justo”. “Foi mais um ponto que ganhámos, ainda que no último lance do jogo pudéssemos ter chegado ao 2-1. Mas, na minha opinião, seria injusto para o Barrosas”.

 

 

Do lado do Barrosas, o treinador Tonanha confessou insatisfação pelo resultado. “Soube-me a pouco. Não entramos bem em jogo e o Aparecida acabou por fazer um golo, que era evitável. A partir desse momento, fomos sempre mais equipa e a equipa que tudo fez para ganhar o jogo”.

 

 

O Gens – Aliados de Lordelo também fechou com um empate a golo. Os gondomarenses conquistaram o primeiro ponto da temporada. A equipa de Pedro Ferreira somou o segundo empate consecutivo. João Moreira assinou o golo dos lordelenses.

O Lixa conquistou a primeira vitória da época. Triunfou na deslocação a Lousada, por 2-0, com golos de Ruben Moreira e de Cunha.

Os rubro-negros mantêm a tendência da época anterior e não ganham para o campeonato há quase um ano. A última vitória oficial do Lousada aconteceu em novembro do ano passado, precisamente frente ao Lixa, no Estádio Senhor do Amparo.

Na frente do campeonato, com duas vitórias nos dois jogos disputados, estão Vilarinho e São Pedro da Cova.

O conjunto de Santo Tirso foi ao Estádio Municipal de Marco de Canaveses bater o Marco-09, por 2-1. Os encarnados marcaram cedo, logo aos 5′, por Alisson Spier. No entanto, após o intervalo, o Vilarinho deu a volta ao resultado, com golos de Dani Pereira e de Benício.

O São Pedro da Cova derrotou, no Estádio Dr. Machado de Matos, o Felgueiras B, por 3-0.

A jornada só fica completa na quarta-feira, às 21:00, com o duelo entre Vila Meã e Rebordosa. A partida foi adiada devido à participação dos amarantinos na 1ª eliminatória da Taça de Portugal.