FUTEBOL: CAMPEONATO PORTUGAL/SÉRIE B: Rescaldo da 4ª jornada (C/ÁUDIO)

 

O Clube Desportivo de Cinfães isolou-se no topo da classificação da série B do Campeonato de Portugal Prio (CPP), após ter vencido em Amarante, por 1-3, no dérbi regional da 4ª jornada.

Os alvinegros entraram na partida praticamente a ganhar, com um golo de Paul Ayongo, aos 6’. Contudo, ainda antes do intervalo, os cinfanenses deram a volta ao marcador, através de duas grandes penalidades convertidas por Thompson (24’) e Ivo Lemos (30’). Na etapa complementar, Ivo Lemos bisou (75’) e ficou o resultado final.

O triunfo colocou a equipa comandada por Flávio das Neves isolada no 1º posto, com 10 pontos.

“Mentiria se dissesse que estava à espera disso, porque o plantel é totalmente novo, temos pouco tempo de trabalho e algumas carências. O nosso objetivo não é este, é garantir rapidamente a manutenção. Mas é evidente que isto nos enche de satisfação e de orgulho”, confessou o timoneiro cinfanense.

Pedro Pinto assume que o Amarante fez um jogo “que não foi bem conseguido” e que o adversário foi um justo vencedor.

“Há um fator que mudou o rumo dos acontecimentos. Nas duas vezes, praticamente, que o Cinfães conseguiu aproximar-se da baliza tem dois penaltis que o coloca por cima do jogo e penso que a minha equipa intranquilizou-se, perdeu um bocadinho da organização que lhe é habitual e a lucidez nas decisões”, explica o treinador amarantino.

O Amarante sofreu a primeira derrota da temporada, tal como o Freamunde, que claudicou na deslocação à Trofa, ante o Trofense (1-0).

Micael Sequeira considera que o “resultado é extremamente injusto” porque, garante, os ‘capões’ foram “claramente melhores”.

“Infelizmente o Trofense fez um remate à baliza, acaba por ser feliz e consegue vencer o jogo onde prevaleceu a eficácia. Hoje não fomos eficazes, não conseguimos finalizar, mas também ficamos reduzidos a 10 logo aos dez minutos da segunda parte.”, lamenta o técnico freamundense.

O Felgueiras corrigiu a derrota caseira de há uma semana, ante o Amarante, e foi vencer ao reduto do Salgueiros, por 0-1. O golo da vitória azul grená foi apontado por Goba, aos 77’.

A formação comandada por Horácio Gonçalves passou a somar sete pontos, integrando o grupo dos 3º classificados, a par de Amarante, Freamunde e Trofense.

O Aliança de Gandra não conseguiu evitar o segundo desaire consecutivo, tendo perdido em Coimbrões, por 4-1. Celso assinou o tento solitário dos paredenses.

O técnico Mário Rocha confessou ter ficado desiludido pela 1ª parte realizada pela sua equipa.

“Demos 45 minutos de avanço ao adversário. Fizemos uma péssima 1ª parte. O adversário em 10 minutos fez 3 golos, o que tornou as coisas mais difíceis para nós. Temos de melhorar, e muito, na concentração e na atitude para os jogos, porque não podemos ter uma abordagem como tivemos nos primeiros 45 minutos”, alerta.

Com a derrota em Coimbrões, a formação gandarense caiu para a zona de descida, com 4 pontos.

A 5ª jornada do CPP regressa apenas daqui por 15 dias. No próximo domingo realiza-se a 2ª eliminatória da Taça de Portugal. Cinfães e Gandra, já eliminados da competição, vão descansar.

O Amarante recebe o Varzim, da 2ª Liga. O Freamunde será anfitrião do Maria da Fonte, do principal escalão da AF Braga. E o Felgueiras medirá forças, em casa, com o Pedras Salgadas, da série A do CPP.

 

Luís Miguel Nogueira