FUTEBOL: DIVISÃO HONRA AFP/SÉRIE 2: Rescaldo da 2ª jornada (C/ÁUDIO)

Com duas jornadas decorridas, o Vila Caíz é a equipa da região melhor posicionada na tabela classificativa da Divisão de Honra da Associação de Futebol do Porto (AFP).

Os amarantinos alcançaram no reduto do Citânia de Sanfins o segundo triunfo consecutivo (0-1) e estão na frente do campeonato, a par de Tirsense B e do Gondomar B.

Renato Coimbra assegura que a “vitória é justa” e que os auri-negros até podiam “ter feito mais um ou outro golo”.

“Julgo que o Citânia não teve nenhuma situação muito flagrante para marcar golo, mas tenho que admitir que nos pusemos a jeito, porque tivemos duas ou três situações e tínhamos a obrigação de ter feio o segundo que nos desse a tranquilidade nos últimos minutos”, refere o técnico do Vila Caiz.

O Citânia de Sanfins ainda não amealhou qualquer ponto até ao momento. O treinador Germano Pereira não escondeu a deceção pelo segundo desaire consecutivo, mas sublinha que a equipa “fez tudo para conseguir mais qualquer coisa”.

“Fizemos o nosso melhor. Trabalhamos imenso, corremos imenso, acabamos extremamente desgastados e acho que conseguimos extrair do jogo aquilo que foi possível, que era alcançar os níveis de competitividade maiores, que é aquilo que nos está a faltar neste momento”, revelou.

O dérbi concelhio, entre Aparecida e Lousada, finalizou com a divisão de pontos (1-1). As duas equipas defrontaram-se pela terceira vez esta época. As duas partidas anteriores contaram para a Taça AFP.

O técnico aparecidense confessa que o resultado “aceita-se”. Tiago Moreira afirma que a sua equipa “fez uma excelente primeira parte e teve as melhores oportunidades de golo”.

“Na 2ª parte, o jogo foi mais repartido. Fizemos o golo e o Lousada conseguiu ter mais bola, criou-nos mais dificuldades e numa desatenção – os meus jogadores ficaram parados – fizeram o 1-1”, explica.

O técnico do Lousada considera que o perigo que o Aparecida causou durante a primeira parte foi em “lances de bola parada”.

“Ao intervalo corrigimos aquilo que achamos que podia ser uma mais-valia para a 2ª parte. Contra a corrente do jogo, numa bola parada, o Aparecida acaba por ser feliz e faz o golo. A partir daí e até final, o Lousada apareceu e acabamos, também num lance de bola parada, chegar ao empate”, analisou Nelson Dinis Lopes.

O Lousada passou a somar quatro pontos, os mesmos do Rio de Moinhos, que empatou sem golos em Gens.

O Alpendurada também empatou (1-1) na receção ao Alfenense. O Águias de Eiriz, em casa, claudicou perante o Tirsense B (2-5). O Felgueiras B tropeçou em Valongo, ante o Valonguense (2-1).

 

Luís Miguel Nogueira