BRINCADEIRA DE 01 de ABRIL: “Garantida ligação de comboio de Guimarães a Felgueiras”

Isto foi, obviamente, a nossa brincadeira de 01 de abril, como muitos dos nossos leitores assinalaram nas redes sociais!

Era, de facto, muito bom para Felgueiras e para Guimarães se a notícia tivesse um fundo de verdade, mas não tem!

Mas foi divertido escrevê-la.

“A Infraestruturas de Portugal (IP) vai prolongar a linha de caminho de ferro de Guimarães até Felgueiras, um investimento de 45 milhões de euros que será suportado pelo Fundo de Recuperação e Resiliência (PRR).

 

De acordo com o estudo realizado no âmbito do Plano Nacional de Investimento (PNI), a referida infraestrutura, que vai arrancar até ao final do ano, terá como objetivo ligar à linha do Vale do Sousa, que também está a ser equacionada pela tutela e pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa.

Os dois investimentos, que têm vindo a ser negociados por municípios e administração central, ocorrem para dar força à estratégia do Governo de aposta no caminho de ferro e de sustentabilidade ambiental.

Segundo a empresa que realizou o estudo de viabilidade para a Ligação entre Guimarães e Felgueiras, para a qual também já se realizou a consulta ambiental, vai ser aproveitado parte do canal da antiga linha férrea até Fafe, derivando depois para Felgueiras, a partir da zona de Fareja.

A ideia é fazer chegar a Felgueiras os comboios elétricos suburbanos do Porto que atualmente terminam o seu percurso em Guimarães.

 

Jugueiros terá uma estação

No concelho de Felgueiras, prevê-se a construção de uma estação na partilha entre Jugueiros e Serzedo (Guimarães), numa localização que está a ser estudada pelas duas câmaras municipais. Uma segunda estação deverá surgir na zona da Trofa, próxima da zona escolar, para servir aquela zona de forte densidade populacional e o elevado número de estudantes.

Junto ao hospital Agostinho Ribeiro, o projeto admite uma estação preparada para cidadãos com mobilidade reduzida, correspondendo a uma exigência da misericórdia.

A estação na cidade de Felgueiras, na qual ligarão as duas linhas (Guimarães e Vale do Sousa), será construída na atual zona de acolhimento empresarial de Várzea, em terrenos cedidos pela câmara municipal. Fonte autárquica esclarece que tudo será articulado com a nova estação de camionagem, a construir no mesmo terreno, passando assim a constituir um novo “interface” de transportes, de quarta-geração, previsto no novo PDM”.