GNR recupera peças de arte sacra furtadas em cemitérios do Marco e Cinfães

As diligências permitiram apurar, contudo, que as 27 estátuas recuperadas eram provenientes dos cemitérios da freguesia Tendais, no concelho de Cinfães, e das freguesias de Freixo, Paredes de Viadores e Paços de Gaiolo, no Concelho do Marco

A GNR anunciou hoje que recuperou peças de arte sacra, no valor de 9.500 euros, que tinham sido furtadas em cemitérios do Marco de Canaveses e Cinfães e estavam a ser vendidas por uma mulher.
Segundo a autoridade policial, o autor dos furtos é do Marco de Canaveses e foi constituído arguido.
A operação foi realizada na terça-feira por militares do Destacamento Territorial de Felgueiras que tinham sido informados de que os furtos ocorreram em Lousada.
As diligências permitiram apurar, contudo, que as 27 estátuas recuperadas eram provenientes dos cemitérios da freguesia Tendais, no concelho de Cinfães, e das freguesias de Freixo, Paredes de Viadores e Paços de Gaiolo, no concelho do Marco.
APM.
Lusa/fim