Golo no último minuto afasta FC Felgueiras da Taça de Portugal [C/ÁUDIO]

Apesar de ter ficado satisfeito com o desempenho da equipa, o técnico do FC Felgueiras, Agostinho Bento, confessou ter ficado “triste” por não ter sido possível levar o jogo, pelo menos, a prolongamento.

O FC Felgueiras não resistiu ao Sp. Braga, no encontro referente à 3ª eliminatória da Taça de Portugal. A equipa azul grená sofreu o golo da derrota (2-1) no último minuto do desafio.

 

Os golos dos encontro surgiram apenas na segunda parte, após um nulo ao intervalo. O Sp. Braga adiantou-se no marcador aos 61 minutos. Henrique Martins, em lance infeliz, fez um autogolo na tentativa de afastar um livre de André Horta, acabando por desviar a bola para dentro da própria baliza. 

Três minutos depois, Daniel Rodrigues restabeleceu a igualdade após canto de Henrique Brito. 

Quase a terminar a partida, na sequência de um pontapé de canto, Paulo Oliveira sentenciou a partida a favor dos minhotos. 

Apesar de ter ficado satisfeito com o desempenho da equipa, o técnico do FC Felgueiras, Agostinho Bento, confessou ter ficado “triste” por não ter sido possível levar o jogo, pelo menos, a prolongamento. 

“Estou satisfeito com os meus atletas, deram tudo de si, mas é verdade que sabe a pouco. Acredito sinceramente que se retirarmos os momentos táticos do jogo, bolas paradas, o golo foi equilibrado. Uma equipa com mais posse de bola, com mais momentos ofensivos, mas nos quatro momentos do jogo fomos iguais ao Braga. Criaram dificuldades nas bolas paradas, pela sua capacidade físicas. Tirando isso, tenho de ressalvar que jogámos com o melhor ataque do campeonato, e hoje não tiveram grandes atletas. Estivemos perto de fazer história e estou triste, porque não conseguimos”, afirmou, em conferência de imprensa, após o jogo.

 

 

Já não há equipas da região na Taça de Portugal. Para além do FC Felgueiras, também FC Paços de Ferreira e FC Penafiel ficaram pelo caminho. 

Os ‘castores’ fora eliminados, fora de portas, pelo V. Setúbal, da Liga 3 (2-0). Os penafidelenses caíram nos penáltis, após um empate (3-3) no prolongamento.