Guarda-redes do Lixa, David, também sabe marcar golos

O guarda-rede do Lixa, David Teixeira, esteve em destaque, no domingo, pelo golo que apontou no triunfo robusto do Lixa (5-0) na receção ao São Pedro Cova, na partida da 24ª jornada da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto.

O relógio marcava o minuto 80 quando David pegou na bola e fez o terceiro tento da equipa azul e branca.

“Pontapeei a bola para a frente, o guarda-redes adversário estava um bocadinho adiantado, como a relva estava bastante molhada a bola ganhou velocidade e passou por cima dele”, recorda.

Por ser pouco habitual um guarda-redes marcar golos, David confessa que festejou “mais um bocadinho por ser algo especial”, apesar de este não ter sido o a primeira vez que mostrou dotes de goleador.

No ano passado, já tinha apontado “o golo do empate do Lixa em São Martinho de Campo, aos 93 minutos, na sequência de um pontapé de canto”, desvendou.

Produto das escolas de formação do Futebol Clube de Felgueiras, assinou o primeiro contrato profissional com o clube da terra natal, tendo passado ainda por emblemas como o Régua, Vila Meã, Torre de Moncorvo, Mondinense, Amarante e Santa Eulália de Vizela.

Aos 36 anos, David sente-se motivado e com capacidade para continuar a calçar as luvas e a pisar os relvados por mais alguns anos.

“Eu gostava de jogar até aos 40 anos. Neste momento ainda me sinto bem, mas logo se verá”, confessa.

A defender as redes da baliza do Futebol Clube da Lixa pela segunda temporada consecutiva, David tem sido titular indiscutível e já marcou presença em 26 partidas a tempo inteiro.

O conjunto lixense ocupa o 11º lugar da pauta classificativa do principal campeonato da associação portuense, mas David considera que a equipa “tem condições para andar nos cinco, seis primeiros lugares”.

 

Luís Miguel Nogueira