Hotéis da região, de quatro e cinco estrelas, esgotados na passagem de ano

A taxa de ocupação dos hotéis de quatro e cinco estrelas da região do Tâmega e Sousa, para a noite de passagem de ano, está próxima dos 100%, disseram à Lusa os responsáveis das várias unidades.

Dezembro tem sido um mês com elevada procura nos alojamentos de maior qualidade de Amarante, Penafiel, Lousada e Baião, correspondendo, na maioria dos casos, a reservas efetuadas há vários meses.

Amarante, Penafiel e Baião são, tradicionalmente, os concelhos do território que registam maior procura nesta altura do ano.

Em Amarante, no “Monverde – Wine Experience Hotel”, de quatro estrelas, único hotel vínico da região dos vinhos verdes, a ocupação é de 100%, como aconteceu no ano passado. No Natal, a ocupação foi de 40%, mais do dobro do que aconteceu em 2015.

Já na unidade hoteleira “Casa da Calçada Relais & Chateaux”, de cinco estrelas, no centro histórico de Amarante (Estrela Michelin), a taxa ocupação é de 50%, mas espera-se que as reservas subam significativamente na sexta-feira e no sábado.

Casa da Calçada

No Natal, a taxa de ocupação foi de 95%. No restaurante chegou aos 100%.

Nas três principais unidades hoteleiras de Penafiel a oferta está esgotada, apurou a Lusa.

No “Penafiel Park Hotel”, de quatro estrelas, desde a semana passada que a ocupação é de 100%. Ao longo do ano, as taxas de ocupação estiveram quase sempre próximas dos 100%, segundo fonte do hotel.

No “Termas de S. Vicente Palace Hotel Spa”, de quatro estrelas, a ocupação está esgotada.

“Grande parte das reservas para alojamento começaram a ser feitas em outubro e novembro”, segundo informou aquele hotel.

No “Penahotel”, de três estrelas, junto ao Sameiro, a ocupação está próxima dos 100% e nos últimos dias tem estado acima dos 90%.

As duas unidades hoteleiras de Baião, de quatro e cinco estrelas, situadas junto ao rio Douro, vão ter a ocupação lotada para a noite de passagem de ano, avançou à Lusa o responsável das unidades de alojamento.

Segundo Joaquim Ribeiro, o “Douro Palace Hotel Resort & SPA”, unidade de quatro estrelas com 60 quartos situada em Santa Cruz do Douro, “está com uma excelente taxa de ocupação”.

Douro Palace Hotel Resort & SPA hotel Baião

É quase certo, previu ainda, que a capacidade esgotará, como tem acontecido em anos anteriores.

Já no “Douro Royal Valley Hotel & Spa”, de cinco estrelas, unidade com 70 quartos localizada em Ribadouro, a ocupação está esgotada há vários dias.

Na unidade de alojamento “Lousada Country Hotel”, de quatro estrelas, em Lousada, “a taxa de ocupação está lotada”.

“Não existem quartos disponíveis”, avançou fonte da gerência, destacando que a procura este ano tem sido superior à de 2015.

Armindo Mendes/Lusa

C/Miguel Ângelo Pinto Sousa