Lixa bate Vila Caiz e “pressiona” Barrosas na luta pela manutenção (C/ÁUDIO)

O Futebol Clube da Lixa recebeu e bateu o Vila Caiz, por 1-0, no encontro a contar para a 22.ª jornada da série 2 da Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP).

 

Foi a quarta vitória consecutiva intramuros dos lixenses, que encurtaram para apenas um ponto a diferença para a linha d’água, onde está o vizinho e rival Barrosas. O golo do triunfo foi apontado por Diaby, nos instantes finais da primeira parte.

 

 

Não obstante a vitória, Francisco Castro reconhece que “a equipa, sobretudo na segunda parte, não esteve muito bem”. O técnico-adjunto dos azuis e brancos assume que “foi melhor o resultado do que a exibição”.

“O importante era ganhar. Noutras ocasiões jogamos melhor e não ganhamos. Hoje, não jogamos tão bem, mas conquistamos o essencial, que eram os três pontos”, admite.

 

 

Paulo Amor, treinador do Vila Caiz, lamentou as oportunidades desperdiçadas pela equipa no início do segundo tempo.

“Em cinco minutos tivemos várias situações, que só foram paradas pelo guarda-redes do Lixa. Fomos criando outras situações, mas não conseguimos concretizar. Assim sendo, há que dar os parabéns a quem ganha e dar também os parabéns aos jogadores do Vila Caiz, essencialmente pela segunda parte, porque na primeira as coisas não correram bem”, afirma.

Com o triunfo sobre o Vila Caiz, o Lixa passou a somar 18 pontos e ficou apenas a um de distância do Barrosas, a primeira equipa colocada acima da linha de salvação.

O Barrosas, em casa, foi derrotado (2-0) pelo líder Tirsense. O treinador Paulo Silva não disfarçou o desagrado pela atuação da equipa de arbitragem.

 

 

“Eu não gosto de justificar derrotas com os árbitros, mas o jogo tem noventa minutos e um cartão vermelho ou amarelo, ou um penálti ou um livre tem de ser marcado no primeiro e no último minuto. Os cartões não são para ser geridos conforme as equipas de arbitragem querem. Os cartões são para ser mostrados no momento. Não foi isso que se passou”, atirou.

Na próxima jornada, o Barrosas desloca-se a Vila Meã, enquanto o FC Lixa vai ao terreno do também aflito Vilarinho. Em caso de vitória, os lixenses abandonarão a zona de descida.