Lixa e Barrosas aflitos e separados por um ponto na Elite (C/ÁUDIO)

FC Lixa e o CRP Barrosas permanecem em situação aflitiva na Divisão de Elite da Associação de Futebol do Porto (AFP). Os dois clubes do concelho de Felgueiras estão separados na tabela por apenas um ponto e lutam ombro a ombro para evitar a despromoção.

 

O FC Lixa perdeu em Vilarinho, por 2-1, na casa de um adversário direto na luta pela permanência.

Ao intervalo, os lixenses já perdiam por 1-0, após uma “primeira parte em que o adversário foi muito superior”. “Até peca por escasso o resultado para o Vilarinho”, reconheceu o técnico Filipe Mesquita.

 

 

“Na segunda parte, foi um Lixa como queremos. Criámos muitas oportunidades de golo e, pelo que fizemos, penso que merecíamos algo mais. Tivemos uma oportunidade única de saltar para fora da linha d’água. Não conseguimos. Perdemos esta batalha, mas não perdemos a guerra”, vinca Filipe Mesquita.

O Lixa continua em lugar de despromoção, com 18 pontos, um de atraso para o primeiro clube colocado acima da linha de salvação, o vizinho e rival Barrosas, que também perdeu (2-1) na deslocação a Vila Meã.

A formação orientada por Paulo Silva até marcou primeiro, por intermédio de Korta, mas consentiu o empate antes do intervalo e a reviravolta na etapa complementar.

“Na primeira parte fomos a melhor a equipa, fizemos o 1-0, e tivemos mais duas oportunidades para fazer o 2-0. Ainda na primeira parte, o Vila Meã chegou ao empate através de um livre lateral. Na segunda parte, num canto, fez o 2-1. Este é um resultado completamente injusto”, garante o treinador do Barrosas.

 

 

Na próximo fim-de-semana o campeonato vai parar para dar lugar aos oitavos-de-final da Taça AFP. O Barrosas, já fora da competição, descansa. O Lixa recebe o Rebordosa.