Ministério Público arquiva processo de eventual perda de mandato do autarca de Penacova

O Ministério Público arquivou o processo que pedia a eventual perda de mandato do presidente da Junta de Freguesia de Penacova, José Ferreira, eleito pelo PSD, mas que integra, desde fevereiro, um órgão de direção do PS local.

 

A confirmação foi dada ao Expresso de Felgueiras pelo próprio autarca José Ferreira.

De recordar que o PSD de Felgueiras pediu ao Ministério Público que se pronunciasse sobre eventual perda de mandato do presidente da Junta de Penacova, eleito por aquele partido.

Vítor Vasconcelos, presidente da concelhia social-democrata, dizia, em fevereiro, haver dúvidas em relação à possibilidade de perda de mandato de José da Costa Ferreira, autarca em Penacova, por alegadamente se ter filiado no PS, depois de eleito presidente de junta, em 2017, em lista do PSD.

José da Costa Ferreira tem atualmente assento na direção de um partido diferente (PS) daquele pelo qual foi eleito para funções na freguesia (PSD).

O PSD retirou-lhe a “confiança política”.

Em fevereiro, José Ferreira esclareceu que quando foi eleito numa lista do PSD, em 2017, era militante do PS. Os seus colegas no executivo (secretário e tesoureiro) também eram militantes ou simpatizantes socialistas, reforçou.