Mosteiro de Pombeiro, em Felgueiras, acolhe concerto do Grupo Vocal Ançãble

O Ciclo Espaços da Polifonia decorrerá até junho do próximo ano, encontrando-se os concertos disseminados pela região Norte

O Ciclo de Concertos Espaços da Polifonia prossegue hoje, pelas 21:30, no Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro, em Felgueiras, com o concerto pelo Grupo Vocal Ançãble, sob direção de Pe. Pedro Miranda, informou fonte da organização.

O Ciclo de Concertos Espaços da Polifonia é uma iniciativa promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCNorte), no âmbito do projeto Entre o Sagrado e o Profano: dinamização do património religioso medieval, através da qual se pretende dar maior visibilidade a um conjunto diverso de monumentos classificados e intervencionados sob a tutela da DRCNorte, bem como à sua capacidade de acolhimento do visitante/público.

Depois de ter já realizado concertos na Igreja do Mosteiro de Rendufe (Amares), na Igreja do Mosteiro de Grijó (Vila Nova de Gaia) e Igreja do Mosteiro de Castro Avelãs (Bragança), o Ciclo Espaços da Polifonia chega agora a Felgueiras, mais concretamente ao Mosteiro de Pombeiro.

O presente programa é suscitado fundamentalmente pelo orago desta igreja monástica que, como muitas outras, sobretudo a partir da Alta Idade Média, o adotaram desde que o Concílio de Éfeso em 431 definiu dogmaticamente o título de Santa Maria Mãe de Deus e que pouco depois o papa Sisto III erigiu em Roma, no monte Esquilino, a primeira igreja no Ocidente cristão a ela dedicada.

O programa será interpretado pelo Grupo Vocal Ançãble, constituído por uma família de Ançã (de onde retira o nome) e dedicado sobretudo à Música Sacra Portuguesa. O grupo tem-se apresentado em público com uma frequência regular em Portugal, registando também intervenções no estrangeiro, sobretudo em Itália, Espanha e Brasil.

O contributo do Grupo Vocal Ançãble para a promoção da autêntica música sacra, quer histórica quer contemporânea, vem sendo reconhecido e traduzido em convites para participar, por exemplo, no Congresso de Fátima sobre o Órgão e a Liturgia (2003) e em Julho deste ano no Encontro Nacional da Pastoral Litúrgica também em Fátima.

O Ciclo Espaços da Polifonia decorrerá até junho do próximo ano, encontrando-se os concertos disseminados pela região Norte.