Nadadora de Felgueiras é campeã nacional de infantis

A atleta do Clube de Natação de Felgueiras (FOCA), Francisca Martins, de 13 anos, sagrou-se campeã nacional de infantis, na categoria de 200 metros costas, no campeonato nacional de infantis, que decorreu em Vila Nova de Famalicão.

A competição contou com a presença de 636 nadadores (295 masculinos e 341 femininos) em representação de 112 clubes.

Ao Expresso de Felgueiras, a atleta destacou estar orgulhosa pela conquista do título e salientou que os tempos obtidos antes da prova que lhe deram algum conforto para encarar a final.

“Havia sempre a possibilidade de algo correr menos bem, mas felizmente a prova correu-me de feição e apesar da mais-valia das minhas colegas consegui vencer o nacional de infantis”, adiantou, sustentando estar ainda a festejar o título e ter trabalhado imenso para atingir este patamar.

“A natação é uma modalidade muito exigente. Exige muito treino, uma entrega total e muita concentração”, afirmou.

A atleta treina duas horas por dia, seis dias por semana.

Além dos 200 metros costas, Francisca Martins é, também, uma nadadora exímia nos 800 metros crol.

Francisca Martins campeã nacional de natação juvenis 2

A jovem, que frequenta o 7.º ano de escolaridade, realçou o trabalho do Clube de Natação de Felgueiras, a que está ligada, referindo-se à instituição como uma referência na natação pura, que dispõe de excelentes atletas e treinadores e que é conhecida a nível regional e nacional.

“O FOCA é um clube que tem vindo a crescer e a somar troféus nas várias competições em que tem participado, com especial destaque para a natação pura”, avançou.

A jovem nadadora confessou que o triunfo alcançado no nacional a deixou ainda mais motivada e fá-la querer continuar a evoluir, a prestigiar a modalidade e o clube.

“Comecei na natação com nove anos, mas tenho ainda muitas provas pela frente e quero continuar a evoluir, a ajudar o clube e conquistar mais troféus”, disse.

Falando da relação da natação com a atividade escolar, a nadadora confessou que para já tem conseguido conciliar as duas.

“As horas do treino não coincidem com o acabar das aulas e uma coisa não interfere com a outra”, acrescentou, manifestando que é seu objetivo continuar a conciliar a atividade de natação com o seu percurso escolar.

Francisca Martins Felgueiras 2

Joana Soares, a mãe da atleta, regozijou-se com a prestação da filha, mas não escondeu que a final foi emocionante e os “nervos” estiveram à flor da pele.

“Tanto eu como o meu marido estávamos algo nervosos, embora acreditássemos na prestação da Francisca”, frisou, recordando que a filha é uma jovem “determinada”, “competente” e que pode dar mais ao clube e à natação.

“A Francisca é uma jovem que trabalha imenso e mereceu este troféu”, disse, referindo-se ao trabalho do treinador como tendo sido vital para a evolução e a prestação no campeonato nacional.

Referindo-se ao FOCA, Joana Soares concordou que o espírito saudável que existe no clube, a simbiose que predomina entre os técnicos, os atletas e a estrutura diretiva tem sido fundamental para os êxitos alcançados dentro e fora do concelho.

Franscica Martins campeã nacional de natação Felgueiras 4