O Felgueiras B perde com Parada e viu aumentar fosso para o primeiro classificado

O Felgueiras B perdeu, na sexta-feira, com o Futebol Clube de Parada (2-0), em partida a contar para a 26.ª jornada da série 3, da 2.ª divisão da Associação de Futebol do Porto.

Numa primeira parte bem disputada, com  as duas equipas entrosadas, a formação da casa teve, no entanto, um ligeiro ascendente no jogo e poderia ter até marcado. Ao intervalo o resultado era de 0-0.

Na segunda metade, o FC Parada entrou melhor e marcou ao minuto 65 e fez o segundo já passava dos 90 regulamentares, (minuto 90+1).

Ao Expresso de Felgueiras, o treinador do Felgueiras B, Mário Guimarães, assumiu que a sua equipa esteve aquém do que sabe fazer pelo que o resultado final acaba por se aceitar.

“O Futebol Clube de Parada esteve melhor, correu mais e procurou mais levar de vencida este encontro que a minha equipa”, afirmou, salientando que a vontade e o querer dos jogadores do Futebol Clube de Parada fizeram a diferença.

Na análise ao encontro, Mário Guimarães lamentou, por outro lado, que no lance do primeiro golo (65 minutos), o árbitro do encontro não tivesse sancionado, por duas vezes, duas faltas a favor da sua equipa, na sequência das quais a formação da casa chegou ao primeiro golo.

“Existem duas faltas claras, que o árbitro não marcou à entrada da área do FC Parada. Como o juiz nada assinalou, o Parada seguiu a jogada e tirou partido do Felgueiras estar  balanceado no ataque”, frisou.

Apesar da derrota, o técnico do Felgueiras B assumiu que a sua equipa mantém-se focada no objetivo de acabar a prova em segundo lugar e que não irá atirar a toalha ao chão.

O FC Felgueiras (B) é segundo classificado 51 menos 12 que a Associação Desportiva de Lousada que venceu o Futebol Clube de Friande (Baião) por um categórico 6-0 e já se sagrou campeã de série 3 da 2.ª Divisão da Associação de Futebol do Porto.

A ARCS Lourenço do Douro venceu o ISC Sobreirense (1-0), é terceiro classificado, com 50 pontos, a apenas um ponto da formação felgueirense.